São Paulo - Com duas unidades em operação, sendo uma no bairro dos Jardins, em São Paulo, e a outra em Aracaju (SE), a bandeira Delluccio Pizzaria tem driblado a concorrência de redes de franquias e pretende abrir mais filiais ainda este ano, na cidade de São Paulo.

Com estratégias como investir em um cardápio de variadas refeições para almoço e jantar, além de espaço para eventos fechados, o proprietário Eduardo Delluccio conta não ser fácil estar no mercado, em que proliferam concorrentes "nem sempre preocupados com a qualidade do produto ou o atendimento".

A empresa briga tanto com restaurantes como outras bandeiras que comercializam as "redondas", logo a ideia de criar um ambiente descontraído e moderno deu certo. Assim como também investir no serviço delivery.

Outra tática adotada para chamar atenção, explica, foi oferecer rodízio de pizzas na hora do almoço ou do jantar, prática diferente de outras empresas do ramo. "Deu certo e às vezes temos até fila na porta, felizmente", comemora.

Mão cheia

Colocar a mão na massa parece nunca ter sido problema para o empreendedor. Afinal, Delluccio já foi empacotador da rede de supermercados Pão de Açúcar, além de entregador de pizzas e auxiliar de escritório. Tudo isso antes de investir no próprio negócio. "Foi uma experiência importante. Aprendi com humildade as várias etapas de uma empresa".

O começo, em 1999, contudo, não foi fácil, ressalta. "Quando comprei o imóvel nos Jardins e comecei a atender tive de improvisar. Usava mesas e cadeiras de plástico para atender a demanda, que já se mostrava promissora. Hoje as casas têm decoração moderna e casual, sempre primando pelo bom gosto", garante ele.

O empresário está finalizando o curso de gastronomia na Universidade Mackenzie. Para ele, a meta é oferecer excelência na rede, que tem 55 sabores de pizzas. Peperoni e muçarela são as mais pedidas, mas há opções diferentes, como a de medalhão ao molho madeira.