São José dos Campos - As exportações de São José dos Campos aumentaram 34,71% em outubro deste ano em relação ao mesmo mês do ano passado, com um volume total de US$ 529,4 milhões, de acordo com os dados divulgados nesta semana pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Em outubro de 2010 o volume exportado foi de US$ 393 milhões. E o mercado argentino é o principal comprador da cidade, superando os Estados Unidos que sempre se apresentou como o grande importador de produtos do município.

No acumulado do ano, as exportações do município somam US$ 4,32 bilhões, ultrapassando em 12,91% o desempenho do mesmo período do ano passado, que foi de US$ 3,82 bilhões. De janeiro a outubro, o saldo da balança comercial acumula superávit de US$ 1,34 bilhão.

Em segundo

O município se mantém pelo terceiro mês consecutivo na segunda posição no ranking nacional dos maiores exportadores de produtos industrializados, atrás apenas de São Paulo e à frente de São Bernardo do Campo, com quem trava uma guerra pela instalação das fábricas do segmento aeroespacial que produziram os caças F-X2.

Outras cidades que tiveram maior volume de exportações não se destacam, como São José dos Campos, na produção de bens de alto valor agregado e participam do mercado internacional apenas com a venda de matérias primas, principalmente minérios, ou possuem portos onde são embarcados os produtos para o exterior.

Produtos

A lista dos principais produtos exportados pelas empresas do município é liderada por aviões, veículos, equipamentos de transmissão de telefonia celular, peças para aviões, helicópteros, autopeças e produtos médicos. O principal bloco de países importadores é formado por Argentina, Estados Unidos, China, Alemanha, México e Espanha. No acumulado do ano (2011), as exportações em SJC somam US$ 4,323 bilhões.

O setor aeroespacial é o que mais exportou, com US$ 2,368 bilhões, o que representa 54,79% do total exportado no ano. Em segundo lugar está o setor automotivo, incluindo autopeças, com volume exportado de US$ 604,2 milhões, o que representa 13% do total exportado no ano.

Telefonia

Em terceiro lugar, está o setor de telefonia celular com total acumulado de US$ 172,9 milhões, o que representa 4% do que foi exportado em SJC em 2011 (até outubro). Em relação aos países que mais importam de São José dos Campos estão ranqueados nas seguintes posições.

Em primeiro lugar a Argentina com US$ 1,066 bilhão (24%); seguida pelos Estados Unidos com US$ 697,5 milhões (16%); terceira posição é ocupada pela China com US$ 495,6 milhões (11%); na quarta posição a Alemanha com US$ 212,8 milhões (4,9%) e em quinto lugar o México com US$ 134,8 milhões (3,12%).

Incentivos

A conduta adotada pela administração municipal para a atração de novos investimentos privados, aliada à localização privilegiada, um sistema de educação municipal voltado para o empreendedorismo, recursos humanos qualificados, universidades e escolas técnicas, excelente sistema de transporte, área urbana desenvolvida com responsabilidade, 62% de área preservada (qualidade de vida), são fatores determinantes para criação de um ambiente altamente propício para a atração e consolidação de negócios variados, trazendo como resultado relevantes investimentos nacionais e internacionais para São José dos Campos.

1.798São José dos Campos