RIO DE JANEIRO – O aniversário do vencedor do Nobel da Paz e ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, 95 anos, comemorado hoje (18) foi motivo de atividades lúdicas e de serviço social para crianças da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio.



A representante da Associação de Moradores da Cidade de Deus, Márcia Pereira, explicou que esse é o segundo ano de celebração do Mandela Day, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para incentivar indivíduos e organizações a dedicar o 18 de julho a ações que melhorem a vida de comunidades de baixa renda.



“Este ano foram 300 crianças. Os pais que se inscreveram deixam as crianças aqui e elas ficam o dia inteiro com recreação, dança, lanche, teatro”, contou. A empresa patrocinadora do evento, a multinacional Aspen Pharma no Brasil também reformou três salas da associação, doou 20 computadores com acesso à internet, livros e custeou a pintura do espaço.



O presidente da multinacional sul-africana no Brasil, Alexandre França, disse que a ideia também é incentivar outras empresas a fazer o mesmo. “Esse é o típico caso em que não queremos ficar sozinhos. Queremos servir como exemplo e vemos que há algumas empresas tomando iniciativas parecidas com a nossa que tragam valor agregado para a comunidade, para um grupo ou associação”, comentou ele ao explicar que a proximidade da Cidade de Deus com a sede da empresa no país foi um dos motivos da escolha do local para a comemoração do Mandela Day.



Nelson Mandela, que se encontra hospitalizado em estado grave, esteve preso durante 27 anos por lutar contra o sistema de segregação racial na África do Sul, apartheid, que cometia graves violações aos direitos humanos e discriminação contra negros, maioria da população sul-africana. Após sair da prisão, em 1990, e com o fim do apartheid, em 1994 Mandela foi eleito presidente da República e pregou a reconciliação nacional.