Campinas - A Secretaria de Educação de Hortolândia realiza de hoje (19) a quarta-feira (21), o 1° Seminário de Inovação, Ciência e Tecnologia para discutir o tema "O Mundo mudou. E a escola?" O objetivo é discutir inovação e novas formas de ensino na rede municipal.

O seminário visa também introduzir a tecnologia como nova ferramenta para a educação, com potencial para promover qualidade de ensino e ampliar ideias. Segundo o diretor de Inovação, Ciência e Tecnologia da prefeitura, Felipe Amaro dos Santos Neto, além de conhecer o que já existe e vem sendo aplicado à educação em termos de inovação e tecnologia, os participantes terão a oportunidade de refletir sobre a troca de papéis neste processo, em que o professor não é o único detentor de saber. "Um dos eixos do Departamento é focar e proporcionar formação para os educadores, professores e gestores da Secretaria", diz Santos Neto. Ele destaca que inserir novas tecnologias na sala de aula não é somente ter computador ou lousa digital. "Por isso, o Seminário é um marco inicial para despertar e provocar os professores para o tema. Estamos abrindo oportunidade para que todos que tenham interesse possam participar. Precisamos investir na Educação", afirma.

Interesse público

Embora voltado aos profissionais de educação do município, tanto da rede pública quanto da particular, o evento é gratuito e aberto ao público. Nomes conhecidos nacionalmente, como o do jornalista Caco Barcellos e o do ex-secretário estadual de Educação de São Paulo Gabriel Chalita, ambos escritores e militantes na área da comunicação.

O tema da abertura, "Caminhos para uma aprendizagem inovadora", terá três palestras: José Armando Valente, da Unicamp e da PUC-SP, vai abordar o tema "Transformando as redes sociais em redes educacionais". O empresário e voluntário, Alan Dantas, vai falar sobre "Tecnologia educacional e os novos aprendizes: um novo conceito de sala de aula". Finalizando o primeiro dia, o ex-secretário Gabriel Chalita vai focar o tema "A Tecnologia, o livro e a leitura".

Na terça (20), também com três palestras, o tema principal será "Do Virtual ao Real: entre redes ou paredes?", que pretende mostrar a contribuição dos nativos digitais aos imigrantes digitais, que estão se adaptando às mudanças tecnológicas. No último dia, quarta (21), Caco Barcellos abordará o tema "Comunicação e tecnologia: desafios da educação na Era da Informação". A proposta é provocar a quebra do paradigma de que a educação acontece apenas dentro das escolas, e mostrar que, no campo da tecnologia, também há troca de conhecimentos.