ARARAQUARA - Os municípios de São Carlos, Itirapina, Rio Claro e Araraquara foram incluídos no catálogo de cidades que será distribuído para os comitês e para as equipes que estão participando das Olimpíadas de Londres deste ano.



Por meio do guia, que mostra a estrutura disponível em cada cidade, como, por exemplo, os ginásios, quadras e campos, os comitês poderão escolher os locais de treinamento para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que acontecerão em 2016.



Um resort em Itirapina investiu R$ 3,5 milhões para se adequar às exigências internacionais. Dessa maneira, um auditório foi construído e apartamentos foram reformados. Além disso, foram melhorados os pisos e a iluminação das quadras de tênis.



Com o campo de golfe já completo, o local conseguiu se classificar para ser uma das sedes de treinamento para as Olimpíadas de 2016. "Isso vai servir para mostrar que nós fomos aptos a atender um País de primeiro mundo, que tem uma exigência muito elevada", disse o gerente do resort, Renato Chaves.



Já Araraquara foi escolhida por causa do estádio e das piscinas do complexo esportivo da Arena da Fonte Luminosa. Outros espaços devem ser incluídos na estrutura oferecida pela cidade. "Na realidade, nós já enviamos tanto o Gigantão como o Centro de Treinamento do Pinheirinho. Eles fazem parte e só não estão nesse primeiro catálogo, porque ainda são projetos", disse a diretora da Morada Eventos, Eneida de Toledo.



Em São Carlos, o Parque Ecoesportivo Dahma tem um centro hípico, um dos melhores campos de golfe do Brasil, cinco represas e trilhas ecológicas, ou seja, condições ideais para o treinamento de hipismo, corrida, triátlon e ciclismo, além do golfe que, no Rio de Janeiro, retornará como esporte olímpico depois de 112 anos longe da competição.



"Nós estamos aptos a atendê-los e não temos que fazer adaptação nenhuma, porque está tudo pronto para eles virem aqui e treinar suas equipes", disse o coordenador do parque, Marco Antônio Fernandes. Em Rio Claro, o local escolhido pelo comitê organizador dos jogos olímpicos é o Clube de Campo, com quase 300 mil metros quadrados e várias quadras esportivas, entre elas onze de tênis de saibro.



O destaque fica com o estande de tiro, que deve pesar na escolha das seleções de tiro. "As equipes vêm com recursos e estariam deixando-os na nossa região em restaurantes e hospedagens. Além da projeção internacional que o município ganharia", disse o diretor de Patrimônio do clube, Érico Fuzaro.