São Paulo - A Trato Feito Empresas, intermediadora de negócios entre empresários, que conta com mais de 10 mil filiados no país, inaugura amanhã (21) sede na cidade de São Caetano do Sul, voltada para atender a região do ABC.

Criada há um ano e três meses, a empresa funciona como um facilitador de acesso à tomadores de decisões. A fundadora e CEO Milene Nicolau explica que a Trato Feito Empresas, além do conceito, trabalha a ideia de formação de negócios por meio de relacionamentos.

Mensalmente, a empresa organiza eventos nas cidades e convida os empresários que tenham o mesmo perfil e negócios complementares. Nesse local, ela cria um ambiente descontraído e proporciona o intermédio entre os empresários para que eles se conheçam, fugindo ao ambiente formal de negócios. "O executivo hoje, quando quer fechar negócio, pega cartão, fala dos negócios. Existe um imediatismo. Na Trato Feito Empresas, tiramos o foco do executivo em si", esclarece Milene.

Além disso, a empresa visa, com a inauguração da unidade, a centralização destes serviços regionais em polos físicos. Esse estabelecimento, conforme Milene explica, serve para facilitar a utilização dos serviços disponíveis, além de proporcionar um acompanhamento local com o empresário para a prospecção e formação de negócios.

Segundo ela, para dar início às ações da rede, existe um estudo sobre as necessidades da região. "Primeiro vemos a deficiência de cada local, vemos qual segmento está fraco, o que se pode investir. Fazemos um estudo sobre qual é o empresário que a região gostaria de ter". Milene afirma que a proposta não é estabelecer a unidade em uma cidade para fomentar negócios exclusivamente ali, mas para criar um eixo, onde a região é capaz de se conectar e realizar negócios.

Modelo

A Trato Feito Empresas, desde janeiro deste ano, recebeu a filiação de mais 200 empresários. Além disso, dos 10 mil filiados totais, 1500 deles vem do exterior. Milene conjectura que a proposta de seu negócio é facilitar a captação de parceiros para qualquer modalidade de negócio em qualquer lugar do Brasil. Daí vem a ideia da regionalização dos polos, facilitando negócios em qualquer lugar conforme a necessidade e a expectativa de retorno.

Milene também explica que a empresa não realiza diretamente os negócios, ela age aproximando os empresários e fornecendo toda a estrutura e apoio para a realização deste negócio, sem participação.

Em contrapartida ao suporte aos empreendedores, a rede busca filiar empresários, para fortalecer sua database, que permite o estudo e análise das empresas e demandas. Milene afirma ainda que, dentro dos grupos filiados, são formadas algumas parcerias com a rede, como as já estabelecidas com a Confraria do Vinho e o Clube do Charuto. Estas duas foram formadas com intuito de reforçar o tom informal nos encontros organizados.

Parcerias

A Hinode, empresa local de construção civil, apresentou proposta para montar uma unidade da Trato Feito Empresas, ainda em seu primeiro semestre de atuação, em São Caetano do Sul, no valor de R$ 85 mil. Em contrapartida, a rede fomentou negócios para a empresa até abater o valor.