Tecnologia & Inovação
17/10/2014 - 09h41 | Atualizado em 17/10/2014 - 14h56

Apple renova linha de tablets e lança novo iMac

Mas as vendas de tablets da empresa têm caído por dois trimestres consecutivos

SÃO PAULO - A Apple anunciou nesta quinta-feira, 16, novos produtos da marca, com destaque para os novos iPads e um novo iMac com tela de altíssima resolução. O lançamento foi feito durante um evento em sua sede em Cupertino, Califórnia.

A empresa anunciou o iPad Air 2, "o tablet mais fino do mundo". A nova versão tem 6,1 milímetros de espessura, 18% menos que o modelo anterior. Para se ter ideia, ao colocar dois iPads Air 2 juntos, ainda assim eles são mais finos que o iPad original, da primeira geração, lançado em 2010.

Como esperado, o novo iPad ganhou a cor dourada, assim como o relógio Apple Watch e últimos iPhones, lançados no mês passado. A tela de LCD tem uma proteção que diminui reflexos em 56%. Já seu processador é o A8X, de 64 bits, uma nova e mais avançada versão do chip presente no iPhone 6 e no 6 Plus.

O iPad Air 2 tem bateria com duração de 10 horas e sensor de leitura de digitais para desbloqueio do aparelho. A câmera tem 8 megapixels (MP) e grava vídeos em full HD (1080p), além de fazer gravações em slowmotion.

O tablet é compatível com o sistema de pagamentos Apple Pay, implementado no sistema operacional iOS 8, que permite o cadastro virtual de cartões de crédito, transformando o dispositivo em uma espécie de carteira digital, que começa a funcionar na próxima segunda-feira.

O iPad Air 2 com conexão apenas por Wi-Fi custará a parti de US$ 499 (na versão de 16GB de armazenamento). As versões com conexão 3G/4G custarão a partir de US$ 629 (16GB). Não há previsão de preços ou lançamento no Brasil.

A Apple apresentou ainda seu novo sistema operacional para computadores OS X 10.10 Yosemite, o novo iPad Mini 3 (com tela de 7,9 polegadas, vendido por US$ 399) e nova versão do seu computador de mesa, chamado iMac. O destaque do eletrônico é sua tela, com resolução 5K (5210 x 2800 pixels), totalizando 17,4 milhões de pixels, 67% mais do que a resolução 4K.

Trata-se, assim, do monitor com a "maior resolução do mundo", diz a Apple. O produto será vendido nos EUA a partir de US$ 2.499. No Brasil, o preço será de R$ 13.999,00.

Outra novidade foi o Mac Mini, que agora usa a quarta geração de processadores Intel Core e custará a partir de US$ 499 nos EUA, e R$ 2.799 no Brasil.

Mercado

As vendas de tablets devem aumentar apenas 11% este ano, de acordo com projeções da Gartner, chegando a 229 milhões de unidades. O número é menor se comparado ao crescimento do ano passado, que chegou a 55%. Em paralelo, as vendas de smartphones continuam a subir, e as vendas de computadores pessoais terão um ano de queda, mas devem se recuperar no ano que vem.

As vendas de tablets da Apple, que definiu a categoria com o iPad há apenas quatro anos, têm caído por dois trimestres consecutivos. Os investidores permanecem focados no iPhone, principal gerador de receita da Apple, mas uma recessão prolongada nas vendas de iPads ameaçaria cerca de 15% da receita da empresa.

Além da Apple, a tendência em relação aos tablets é ruim também para Samsung, Amazon.com e Microsoft, que investiram pesadamente no desenvolvimento de tablets e estão fazendo suas próprias ofertas para a próxima temporada de festas.

A categoria tem ao menos dois fatores que dificultam seu forte desempenho nas vendas. O primeiro é o surgimento de diversos smartphones com telas maiores do que o antigo padrão. A própria Apple, com seu iPhone 6 Plus, de 5,5 polegadas é prova desse novo momento. Nesta semana, seu concorrente Google lançou um novo modelo do seu smartphone Nexus , dessa vez com 5,9 polegadas.

Outro fator é o maior período de vida útil dos tablets. Assim, a troca de aparelhos por versões mais novas do mesmo modelos é menor, o que leva a um ritmo menor de mercado. A Gartner projeta redução de 90 milhões de novos compradores de tablets até 2018, bem como redução de 155 milhões de substituições de modelos antigos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão Conteúdo

Imprimir
Publicidade

Caderno Especial

Caderno Especial Médias e Pequenas Empresas 2017

Versão digital (20/02/2017)

Para assinantes Assine o jornal impresso e tenha acesso total à versão digital.
Versão digital do DCI
Clique e assine hoje mesmo
Publicidade

Nós curtimos

TVB Nova Brasil FM Rádio Central AM
Uma empresa do
© 2017. DCI Diário Comércio Indústria & Serviços. Todos os direitos reservados.