Presidente do Egito cancela visita ao Brasil alegando questões internas e regionais

Internacional
patrocínio:

20/09/2012 - 11h04 Comentarios nesta notícia: 0

Presidente do Egito cancela visita ao Brasil alegando questões internas e regionais

BRASÍLIA - Decisão foi comunicada na última quarta-feira (19), no final da tarde, à presidente Dilma Rousseff

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente do Egito, Mohamed Morsi, informou à presidente Dilma Rousseff que uma série de assuntos internos e regionais o levou a cancelar a visita a Brasília, na próxima sexta-feira (28). Por intermédio de sua assessoria, Morsi se justificou com Dilma ao alegar a necessidade de cancelamento da visita devido às questões internas e do entorno regional. A decisão foi comunicada na última quarta-feira (19), no final da tarde, à presidente.

O Egito e mais de 20 países não só da África, mas também do Oriente Médio, assim como da Europa enfrentam dias tensos devido à série de protestos contra o filme anti-Islã, produzido nos Estados Unidos. O filme satiriza o profeta Maomé e o islamismo. Na Líbia, em Benghazi, um ataque ao Consulado dos Estados Unidos matou o embaixador e mais três funcionários norte-americanos.

Porém, na primeira semana de outubro, Morsi deverá se reunir com Dilma e mais todos os presidentes sul-americanos, na Cúpula América do Sul e Países Árabes (Aspa), em Lima, no Peru. O egípcio é considerado um líder na região por ter sido o primeiro presidente eleito, depois das pressões para retirar Hosni Mubarak, depois de mais de três décadas do poder.

Econômica e politicamente, o Egito é uma referência para a África e os países muçulmanos. Recentemente, Morsi condenou o governo do presidente da Síria, Bashar Al Assad, país que faz fronteira com o Egito, pela forma como conduz a crise interna que dura 18 meses e matou mais de 20 mil pessoas.

Ao assumir o governo, Morsi enviou para reserva líderes das Forças Armadas, que mantiveram o poder nos últimos 30 anos e retirou da obscuridade a Irmandade Muçulmana, grupo o qual faz parte. No entanto, os protestos no país ainda ocorrem e a Praça Tahir, no Cairo, mantém-se como referência para as manifestações.

Assuntos relacionados:

dciegitovisitabrasilencontro


Seu e-mail não será divulgado.
Leia nossa política de privacidade.


Compartilhe sua opinião no site DCI e certifique-se que seu comentário está de acordo as Termos de uso do site.



Seu e-mail não será divulgado.
Leia nossa política de privacidade.


Compartilhe sua opinião no Portal DCI e certifique-se que seu comentário está de acordo as Termos de uso do site.

Cultura & Entretenimento

Cadernos Especiais

Micro, Pequenas e Médias Empresas

Versão eletrônica (18/04/2014)

Assine o jornal impresso e tenha acesso total a versão eletrônica. Conteúdo exclusivo para assinantes. Clique aqui e assine!

DCI no iPad, iPhone e Android

app-apple-store app-google-play

Gestão da Água

Veja mais: TVB Rádio Nova Brasil FM Rádio Central AM
Uma empresa das Organizações Sol Panamby

Fazer login no DCI






Não possui login? Faça seu cadastro gratuito!

Problemas para acessar?