Já os pontos negativos citados pelo estudo da Fundap são a nova combinação de preços-chave (juros e câmbio), mais favorável ao crescimento. "Os sucessivos estímulos fiscais, monetários e creditícios não foram suficientes para reverter o desempenho insatisfatório da atividade econômica, especialmente da indústria, num cenário de crise internacional."