Água e esgoto na agenda de prefeitos



Elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico será a primeira tarefa dos prefeitos eleitos em outubro e que iniciarão seu mandato em janeiro próximo. Do contrário, poderão ter dificuldades para obter recursos para o setor, com elevado déficit no País.



Pela legislação vigente, a partir de janeiro de 2014 deixarão de receber recursos da União para a área de saneamento as cidades que não tiverem apresentado um esboço dos serviços necessários de coleta e tratamento de esgoto, bem como os relacionados à distribuição de água potável e de escoamento pluvial (chuvas), de acordo com a Agência Brasil.



A Associação Brasileira de Agências de Regulação (Abar) informa que apenas 11% dos municípios do País apresentaram os seus planos, ou 592 cidades, até o encerramento do primeiro semestre. A maioria (69%) dessas localidades está  em São Paulo e em Santa Catarina.



O bom momento de Dilma



Enquanto a presidente Dilma brilhou ontem na mídia internacional — foi considerada a terceira mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã, Angela Merkel ,e da secretária de Estado norte-americano Hillary Clinton —, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, viveu momentos opostos. Teve um mal súbito e perdeu a consciência. Até aqui, tudo dentro do “script”: Brasil em alta, presidente também. Já no país vizinho...



Um negociador é pouco



Mas nem tudo anda às mil maravilhas para o lado de Dilma. A agenda de negociação entre Ministério do Planejamento e servidores públicos em greve dá o exato tamanho do problema. Os encontros  tiveram de ser divididos entre o secretário de Relações do Trabalho, Sérgio Mendonça, e a secretária-adjunta da pasta, Marcela Tapajós. No total, são 30 as categorias paradas.



Incentivo à inovação ...



O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação anuncia o Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação ou TI Maior para fomentar a indústria de software e serviços de TI no Brasil. O objetivo é investir cerca de R$ 500 milhões para aumentar o PIB do setor para até US$ 200 bilhões, contra os atuais US$ 102 bilhões.



... favorece nacionais 



A medida favorece empresas nacionais que estão em franca ascensão no mercado nacional, como a Vertigo Tecnologia: “Somos ‘service partner’ da Liferay Portal e isso proporciona sistemas melhores e robustos a empresas como o Grupo Queiroz Galvão, TIM, Casa da Moeda e Rede Nacional de Pesquisa”, diz Bruno Badini, CEO da empresa.



Giro técnico



Empresários e executivos do varejo farmacêutico nacional estão nos EUA para uma missão técnica promovida pela Associação Brasileira de Redes de Farmácia e Drogaria (Abrafarma). O grupo participará de debates sobre perspectivas e oportunidades do setor, além de visitar redes de farmácia e drogaria locais.



Pretinho básico



A Haworth Brazil acaba de lançar o  EZ62 no País, com travamento simultâneo de todas as gavetas, corrediças telescópicas e dispositivo antitombamento e desenvolvida com materiais renováveis. No Brasil, a peça de mobiliário passa a ser produzida por parceiros credenciados e sob a supervisão da empresa.



Modelagem de PPP



O sócio da SABZ Advogados e professor do Insper Kleber Luiz Zanchim fala em São Paulo hoje sobre “Modelagem de PPP: Riscos e Incertezas - Conheça Mecanismos de Mitigação e Discuta Casos Práticos Relevantes, Nacionais e Internacionais”.