O presidente Michel Temer (PMDB) terá uma margem de manobra importante para redistribuir o poder na Esplanada dos Ministérios em seus últimos oito meses de gestão para os partidos dispostos a participar de uma coalização de centro visando à disputa pelo Palácio do Planalto. Essa é a avaliação da Arko Advice para a reforma ministerial a ser feito em 2018. Dos 28 ministros que compõem o governo, 17 devem deixar o cargo em abril próximo para saírem candidatos nas eleições de outubro. Ou seja, 60% das Pastas serão alteradas em sua composição. Esse número de ministros candidatos pode chegar a vinte.



 



Substituição de olho nas urnas



 



O total de vinte mudanças inclui a saída de três assessores diretos de Temer para concorrer a algum cargo eletivo: o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha; e o secretário de Governo, Moreira Franco. "Temer terá de escolher entre 17 e 20 ministros, a partir de abril próximo, para remontar o governo", constata a Arko Advice. Para a consultoria, "com a antecipação da disputa presidencial, uma reforma ministerial pode começar a ser articulada para ser executada em 2018, atrelando as substituições de ministros ao calendário eleitoral".



 



Vaga de Meirelles?



 



Ainda de acordo com a Arko Advice, como Temer não deve ser candidato à reeleição e o senador José Serra (PSDB-SP) vê seus planos presidenciais cada vez mais distantes, o nome de Meirelles pode ganhar força na bolsa de apostas, principalmente se a economia der sinais positivos. "Essa candidatura centrista e moderada com um discurso reformista também tem o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria, ambos tucanos de São Paulo, como alternativas." Mas há dúvida se a candidatura Alckmin seria atrelada ao governo, como a eventual candidatura Doria.



 



30 milhões de CNPJs



 



Atingir exatamente seu público alvo e crescer são necessidades de todas as pequenas e médias empresas, ainda mais em cenário de instabilidade econômica e concorrência como o atual. Nesse contexto, é fundamental encontrar formas efetivas de conquistar novos clientes, e otimizar o tempo que empreendedores de diversas áreas investem em prospecção. A ITBRoker, empresa de inteligência de mercado, entrega bases de dados que possibilitam a expansão. A empresa - brasileira e fundada em 2013 - possui uma base de dados formada por 30 milhões de empresas no Brasil.



 



Sucesso expressivo



 



 "Nossa atuação há anos com geração de demanda permitiu o desenvolvimento de novas estratégias e execução de programas de marketing e vendas para grandes players da área de tecnologia. O sucesso dos nossos projetos é expressivo: mesmo em um ano de instabilidade como 2016, levantamos mais de R$ 1 bilhão em pipeline para nossos clientes", diz Natan Reiter, CEO e fundador da ITBroker. A empresa desenvolveu algoritmos próprios para o enriquecimento de dados, o que possibilita a entrega de informações confiáveis.



 



Fundação Marcos Amaro ...



 



A Fundação Marcos Amaro (FMA) participa da PARTE, uma das principais feiras de arte contemporânea da América Latina, que chega à sua nona edição entre 8 e 12 deste mês, em São Paulo. Na ocasião, a FMA irá lançar o Edital de Ocupação Fábrica São Pedro - um antigo polo da indústria têxtil de 1911 que abriga o Galpão IV (ateliê do artista Marcos Amaro) e a reserva técnica da instituição. Serão selecionados três projetos por um júri, composto pelo presidente Marcos Amaro, pelo curador Ricardo Resende e pelos membros do conselho da FMA. Os projetos integrarão o cronograma de exposições do ano de 2018, além de um prêmio de R$ 25 mil para o artista ou coletivo realizar um projeto na Sala Expositiva Rolim Amaro.



 



...investe na arte



 



Ricardo Resende, mestre em História da Arte pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), assume, a partir de novembro, a curadoria da Fundação Marcos Amaro (FMA), em São Paulo. "Assumir essa função é um enorme privilégio. Poder trabalhar com a equipe da instituição e seu idealizador e fundador, o artista e empreendedor Marcos Amaro, é um alento em tempos tão difíceis para a arte e a cultura. A FMA é uma instituição com perfil museológico sem precedentes no país, com sede expositiva e coleção de arte no interior do Estado de São Paulo, na cidade de Itu. A FMA assume o compromisso de fomentar a arte, dar o espaço para o artista, colecionar e mostrar arte. E ainda, tem uma proposta ousada de criar um espaço expositivo no campo, o MESCLA - o museu a céu aberto trará o artista e o público para uma relação embrionária com a natureza e a paisagem. Fazer parte desse lugar utópico, é muito instigante, é um grande, digo novamente, privilégio", diz Resende.



 



Há vagas para conselheiras 



 



De acordo com dados levantados pela pesquisa "Panorama Brasil 2017 - a presença das mulheres na liderança das empresas", 61,7% das empresas com Conselho de Administração não têm nenhuma mulher como conselheira. A pesquisa foi realizada pela Talenses, consultoria de recrutamento executivo, em parceria com o Insper, e contou com a participação de 339 respondentes de empresas com sede no Brasil, na América do Norte e na Europa,. Na próxima quarta-feira (08.11), Business Professional Women, Talenses e Insper apresentarão o evento do programa global WOB (Woman on Board) para aprofundar o tema "Mulheres no Conselho" com base nos resultados obtidos pelo estudo.



Saúde melhor



A Mantris, fusão das empresas Micelli e Meridional, realiza hoje debate sobre "Oportunidades para o aumento da produtividade e melhoria da saúde dos colaboradores", com a participação de Sólon Cunha, sócio do escritório de advocacia Mattos Filho; Alberto Ogata, presidente da International Association for Worksite Health Promotion e diretor da Associação Brasileira de Qualidade de Vida; e Rodrigo Demarch, diretor de Saúde e Inovação da Mantris, especialista em Inovação pela Stanford University. No encontro, a Mantris lançará um produto de gestão de saúde populacional, atualmente baseada em dados fragmentados e reativos. Segundo o Banco Mundial, mais de 30% das internações seriam desnecessárias, causando desperdício de R$10 bilhões ao ano. O encontro Mantris acontece dia 7 de novembro, às 18h, na Casa do Saber, em São Paulo.



 Desenvolvimento de infraestrutura



 



O CEO da divisão de Aeroportos do Grupo CCR, Ricardo Bisordi, fala amanhã (8) sobre os desafios e oportunidades para concessões aeroportuárias na América Latina no maior evento do setor, o Global Airport Development Conference (GAD World), que acontece na próxima semana em Paris. O executivo ministra um painel sobre os modelos adotados para acelerar a desenvolvimento de infraestrutura em aeroportos e como esses projetos são priorizados na região. O evento reunirá mais de 500 operadores de aeroportos, investidores, companhias aéreas e representantes de órgãos reguladores de 50 países. Atualmente, CRR, por meio da concessionária BH Airport, detém participação na gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Fora do país, o grupo atua em outros empreendimentos, como o Novo Aeroporto Internacional de Quito, no Equador; Aeroporto Internacional Juan Santamaria, na Costa Rica; além do Aeroporto Internacional de Curaçao, nas Antilhas Holandesas.