BRASÍLIA - Após um intervalo de meia hora, a sessão desta segunda-feira (6) do julgamento do mensalão recomeçou. Marcelo Leonardo, defensor do publicitário Marcos Valério, é o quarto advogado a contestar as acusações do Ministério Público contra seu cliente. Ele deve confirmar a versão de que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares contraiu os empréstimos para saldar dívidas de campanha não contabilizadas do PT, o chamado caixa dois.



Após Leonardo, Hermes Guerrero, advogado de Ramon Hollerbach, fará a defesa de seu cliente. Já passaram pela tribuna os defensores do ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, do ex-presidente do PT José Genoino e do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.



A fase das sustentações orais começou, nesta segunda-feira (6) e deve terminar no próximo dia 14. Em cada sessão, são ouvidos cinco advogados, segundo a ordem da denúncia.