Serviços
06/10/2017 - 13h30 | Atualizado em 06/10/2017 - 13h32

Plataforma digital propõe ajudar corretoras de seguros a aumentar vendas

Clic Corretores criou um sistema que permite às empresas analisar o perfil de sua carteira de clientes e descobrir quais os produtos com maiores demandas

Plataforma digital ajuda corretoras de seguros a aumentar suas vendas
Plataforma digital ajuda corretoras de seguros a aumentar suas vendas
Foto: Divulgação

SÃO PAULO - Com o objetivo de melhorar a eficiência das vendas nas corretoras de seguros, a plataforma digital Clic Corretores, de Porto Alegre (RS), criou um sistema de análise de perfil da carteira de clientes para as empresas deste segmento.

O sistema estuda o que cada cliente busca quando entra no site das corretoras, fazendo com que o software armazene todas as informações e faça um parâmetro dos produtos mais e menos procurados. Assim, cada corretora pode se planejar para investir mais nos segmentos com maior demanda.

A Clic Corretores fica no centro de empreendimentos em informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O negócio está sendo acelerado pela Oxigênio, braço da seguradora Porto Seguro para apoio de startups.

Segundo o CEO da Clic Corretores, Luís Felipe, a empresa monetiza por meio de uma mensalidade de R$ 29,90 e já atua em todo o Brasil . "Temos aproximadamente 50 corretores cadastrados e pretendemos atingir o ponto de equilíbrio até o começo do segundo semestre do ano que vem", afirma. O faturamento não foi revelado.

Para o diretor de Inovação Digital da Porto Seguro, Ítalo Flammia, a aproximação com insurtechs, como são conhecidas as startups que atuam no mercado de seguros, é positiva. "As insurtechs e as corretoras tradicionais vão trabalhar muito juntas, pois elas [insurtechs] trazem não só uma nova solução, como também uma nova abordagem", disse.

Ainda segundo o diretor, a Clic Corretores, assim como as outras selecionadas no 4° ciclo de aceleração da Oxigênio, recebeu o equivalente a US$ 150 mil, sendo US$ 50 mil em dinheiro e US$ 100 mil referentes aos custos de suporte da aceleradora à startup.  A Porto Seguro adquiriu 10% de participação na empresa.

Guilherme Souza

Imprimir
TVB Nova Brasil FM Rádio Central AM
Uma empresa do
© 2017. DCI Diário Comércio Indústria & Serviços. Todos os direitos reservados.