SÃO PAULO - A 4ª Rodada do Programa de Aceleração do Governo de Minas Gerais (Seed) começa amanhã (20) com a recepção das startups selecionadas. Com duração de seis meses, cada rodada acolhe 40 startups, que recebem capital semente livre de até R$ 80 mil. Além de brasileiros de diversas regiões do País, o programa contará com a participação de empreendedores da Índia, Peru, Alemanha, Chile, Bolívia, Quênia, México, Holanda e Portugal. 



O projeto, que visa fomentar o empreendedorismo e desenvolver o ecossistema de startups no Estado, buscou projetos que desenvolvam trabalhos de base tecnológica. O Seed recebeu inscrições de 1.153 startups de 15 países, totalizando mais de 2.750 empreendedores de 27 nacionalidades diferentes nesta edição.



Os participantes selecionados terão acesso à mentorias personalizadas, formação empreendedora, escritório compartilhado e conexão com o ecossistema global. Além disso, o programa conta com mais de 50 empresas parceiras e a disponibilidade de US$ 1 milhão em benefícios não financeiros.



O Seed é um projeto do Programa Minas Digital, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SEDECTES) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig). Desde 2013, o programa apoiou 112 projetos de empreendedores de 12 países. Juntas, essas startups faturaram mais de R$ 26 milhões a partir do início de suas operações.