Publicado em

Por Wendell Roelf

CIDADE DO CABO (Reuters) - O príncipe britânico Harry e sua esposa, Meghan, dançaram e cantaram com um grupo de instrutores de saúde mental em Monwabisi, uma praia da Cidade do Cabo, nesta terça-feira, o segundo dia de sua viagem de dez dias pela África.

O casal real visitou o projeto Waves for Change, que surgiu em um pequeno clube de surfe criado na municipalidade de Masiphumelele em 2009 e ajuda jovens de comunidades pobres e violentas a desenvolver confiança e autoestima pegando ondas.

    O casa se encontrou com seu fundador, Tim Conibear, e 25 instrutores de surfe vestidos com roupas de mergulho que demonstraram as atividades que o grupo usa para apoiar a saúde mental de jovens que sobreviveram a experiências traumáticas.

    "Muitas destas comunidades passaram por uma experiência traumática muito semelhante, e agora vêm a um lugar como este, procuram esta instituição de caridade, para poderem não somente compartilhar sua experiência, mas ajudar as gerações mais jovens", disse Harry.

    "É isto que está fazendo a diferença e que importa", disse Meghan.

    O duque e a duquesa de Sussex fazem sua primeira viagem ao exterior desde o nascimento de seu primeiro filho, Archie, que os acompanhou na visita.