Publicado em

BUENOS AIRES (Reuters) - O astro do futebol argentino Diego Maradona está fora de perigo depois de ser hospitalizado nesta sexta-feira por conta de um sangramento estomacal detectado em exames, disseram à Reuters fontes próximas ao ex-jogador.

Maradona passava por exames de rotina na Argentina antes de retornar ao México, onde treina o Dorados de Sinaloa, da segunda divisão, quando médicos detectaram o sangramento. Por isso foram realizados exames adicionais e Maradona ficou internado em observação.

No entanto, uma fonte próxima à família de Maradona disse à Reuters que o problema de saúde "não é grave" e que o ex-jogador está "fora de perigo".

"Esperamos que receba alta médica em breve", disse outra fonte próxima ao ex-jogador do Boca Juniors, Napoli e Barcelona, que liderou a seleção da Argentina ao título mundial de 1986.

O hospital não divulgou boletins sobre a saúde de Maradona.

O episódio é o mais recente de uma série de internações hospitalares de Maradona ao longo dos anos, geralmente por conta de um estilo de vida extravagante que ajudou a torná-lo um dos futebolistas mais icônicos e admirados do Século 20.

A última vez que Maradona sentiu-se mal foi durante a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, quando ele foi filmado desmaiado em um camarote durante a partida da Argentina contra a Nigéria. Os argentinos venceram por 2 x 1 e garantiram vaga nas oitavas de final, quando foram eliminados pela França, seleção que acabou vencendo o Mundial.

Maradona, de 58 anos, foi hospitalizado em 2004 com graves problemas cardíacos e respiratórios ligados ao uso de cocaína. Ele posteriormente passou por reabilitação em Cuba e na Argentina, antes de uma operação de grampeamento do estômago para ajudá-lo a perder peso.

Em 2007 ele decidiu por conta própria se internar em uma clínica em Buenos Aires para ajudá-lo a superar problemas relacionados ao abuso do álcool.

Nos últimos meses ele caminhava com ajuda de muletas por causa de problemas nos joelhos.

A inesperada notícia da internação veio horas depois de o advogado de Maradona confirmar que ele seria técnico no México pela segunda temporada consecutiva.

Maradona assumiu o problemático clube em setembro e levou-o aos playoffs, quando foram eliminados pelo Atlético San Luís.

"Diego Maradona acertou a permanência no Dorados de Sinaloa e será técnico da equipe por toda a temporada", disse seu agente Matias Morla no Twitter.

(Reportagem de Ramiro Scandolo)