Publicado em

(Reuters) - A Rio Tinto afirmou nesta quarta-feira que está passando por problemas operacionais com o minério de ferro, especialmente no terminal de Greater Brockman, na região australiana de Pilbara, o que a levou a reduzir sua estimativa de embarques partindo da área em 2019.

A mineradora disse que os desafios são devido a uma maior proporção de certos produtos de menor grau, em parte para proteger a qualidade de sua marca Pilbara Blend.

A empresa reduziu sua previsão para os embarques 2019 de Pilbara, em uma base percentual, para um valor entre 320 milhões e 330 milhões de toneladas, ante 333 milhões a 343 milhões de toneladas de estimativa anterior.

(Reportagem de Noor Zainab Hussain em Bangalore)