Publicado em

Corigliano conta que no início da sua operação, a concorrência da empresa ficava em um ambiente de prestação de serviços informal. “Mas hoje temos empresas concorrentes”. Segundo ele, entre elas está a Uller, que se apresenta como o “Uber do agronegócio”. Criada também em 2016, a startup tem foco em conectar produtores que têm maquinas e implementos agrícolas ociosos nas propriedades a aqueles que precisam do maquinário. O aplicativo está disponível apenas em Minas Gerais, ao contrário da Agrishare, que já está operando em uma base nacional. foto: DIVULGAÇÃO