Publicado em

As vendas de veículos no primeiro trimestre de 2019 aumentaram 11,4% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, 607,6 mil veículos foram comercializados nos três primeiros meses do ano, ante os 545,5 mil de 2018. Somente em março, 209,2 mil unidades foram licenciadas, aumento de 5,3% contra as 198,6 mil de fevereiro e de 0,9% frente às 207,4 mil de março de 2018.
 
Para o presidente da Anfavea, Antonio Megale, os resultados da indústria automobilística em março foram animadores:
 
“Mesmo com uma quantidade de dias úteis menor em março, devido ao carnaval, tivemos um balanço positivo no comparativo mensal. A média diária de vendas no último mês foi de 11 mil unidades, a melhor de março desde 2014. Isso mostra o impulso que nosso setor tem dado à recuperação da economia brasileira. Segundo relatório do Banco Central, o setor respondeu por 1/3 do crescimento da atividade industrial no biênio 2017-2018, e por 1/4 da elevação PIB nacional”.
 
A produção de autoveículos no acumulado do ano ficou em 695,7 mil unidades, baixa de 0,6% frente ao mesmo período do ano passado com 699,8 mil unidades. Somente em março, 240,5 mil unidades saíram das linhas de montagem, o que significa queda de 6,4% ante as 257 mil de fevereiro e de 10,1% contra as 267,5 mil de março do ano passado.
 
As exportações apresentaram queda em função da retração da economia argentina, principal parceiro comercial do Brasil. No acumulado do ano, 104,6 mil unidades foram exportadas, baixa de 42% quando comparadas com as 180,2 mil de igual período de 2018. Em março, 39 mil veículos foram negociados, diminuição de 3,7% sobre as 40,5 mil de fevereiro e de 42,2% em relação às 67,5 mil de março do ano passado.