Publicado em

Festa na colheita

Os produtores de algodão estão animados. Dados da Conab indicam que as exportações da pluma este ano alcançarão 1,5 milhão de tonelada – 60% a mais que ano passado.

Mundo animal

Veterinários do Conselho Regional da Bahia já salvou e tratou, voluntariamente, mais de 300 animais vítimas do rompimento da barragem em Pedro Alexandre.

Bolso do Suplente

Caso se confirme a nomeação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para embaixador do Brasil nos Estados Unidos, a vaga na Câmara será ocupada pelo suplente Vinícius Tadeu Sattin Rodrigues, também do PSL de São Paulo. Ele bancou R$ 110 mil do bolso dos R$ 129 mil gastos na sua campanha. O PSL só repassou R$ 16 mil.

Davi e Tasso

Além do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), cotado para relator da reforma da Previdência, tem se reunido com consultores para estudar os impactos da inclusão de Estados e municípios. O tucano tende a encampar a mudança na proposta.

Tasso comanda a comissão especial que foi instalada em março para acompanhar a tramitação da reforma na Câmara. Estudo da Instituição Fiscal Independente, entregue a ele, aponta que, com o provável agravamento do quadro nos Estados, a PEC da Previdência (6/2019) “é possivelmente o único modo de equilibrar ou ao menos reduzir os desequilíbrios atuais em prazo razoável de tempo”.

 Seu nome é Enéas!

Exemplo de como o Brasil, até no Congresso, esquece a importância de muitos que partem. O PL 2238/2019, de autoria de Dr. Frederico (Patriota), declara o falecido Enéas Carneiro o Patrono da Eletrocardiografia no Brasil. Em dois meses, dois relatores – Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Alexandre Padilha (PT-SP) – devolveram a proposta sem manifestação na Comissão de Cultura. A nova relatora é Luizianne Lins (PT-CE).

Doc do Barril

O cineasta Heitor Dhalia viajou 10 mil km, degustou, bebeu, pesquisou, e lança hoje o documentário “Em busca da cerveja perfeita”, apresentado pela Ambev, maior fabricante do mundo. A estreia nos cinemas é nesta quinta.

Casa Alta

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), prepara mudanças significativas na estrutura da Comunicação da Casa, e na cobertura das ações dos senadores.

Moro, de novo

Enquanto deputados sepultaram a ideia de criar CPI para investigar o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procuradores da Lava Jato, senadores pretendem instalar a comissão de investigação após o vazamento de novas supostas mensagens.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), entusiasta da CPI, fala em suposta “quebra do princípio da imparcialidade” de Moro quando presidiu várias ações penais.

Fator Bolsonaro

A Fórmula 1 é comemorada como uma realidade para 2021 no setor hoteleiro do Rio de Janeiro. Os donos do evento já escolheram até o hotel oficial do staff e pilotos.

Ruído$

Avizinha-se disputa feia na praça. O Ecad, Escritório Central de Arrecadação e Distribuição para direitos autorais dos cantores e compositores, quer cobrar de hotéis até por TV desligada em quartos desocupados. Algumas redes já questionam.

Brazucas

Após pressão de senadores, a portaria 309/2019, do Ministério da Economia, que estabelece novas regras para a redução da alíquota do Imposto de Importação sobre bens de capital e de informática e telecomunicações, ficará suspensa até o fim do mês de agosto. A norma foi duramente criticada por representantes da indústria nacional.

Empregos

O McDonald’s investirá forte em contratação de jovens para suas lojas este ano. Serão 1.300 vagas no Distrito Federal, e 18 mil em todo o Brasil, revelou à rádio JK FM Rozália Del Gáudio, diretora de Comunicação Corporativa da Arcos Dorados.

Mercado aquecido

Com essa friagem para todo lado no Brasil, os consumidores correram para a praça. Só a Lojas Americanas registrou crescimento de 400% nas vendas de aquecedores apenas nos 10 primeiros dias de julho, em comparação com o mesmo período de 2018.

Olheiros

A situação hoje em ministérios e estatais está assim: um olheiro do presidente Bolsonaro e um do vice Mourão em cada gabinete importante. E ambos se vigiando.

Mais uma

Surgiu outro nome “terrivelmente evangélico” orbitando no Planalto para futura vaga no Supremo Tribunal Federal. É a professora e jurista Ana Paula de Barcellos, da UERJ, conhecida do ministro José Roberto Barroso, também acadêmico da universidade.

‘Trapaças’ políticas

A Geração Editorial, especialista em livros-reportagens e biografias, prepara um calhamaço de respeito. Vai se chamar “Trapaça” o livro de memórias do renomado jornalista Luís Costa Pinto. A obra terá quatro volumes: Era Collor (I), Governos de Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso (II), Governos Lula e Dilma (III), Governos Temer e Bolsonaro (IV). O primeiro volume sai em dezembro.

Luta na escola

O Rio de Janeiro, “berço” do jiu-jitsu praticado no mundo, será o primeiro Estado onde todas as escolas públicas terão aulas de modalidades de lutas, ideia do faixa preta e secretário de Educação, Pedro Fernandes. Ele lança dia 23 o projeto Esporte na Escola.

Leilões

Enquanto Sérgio Cabral Filho, preso e condenado, vai perdendo bens para a Justiça, outro leilão passou despercebido na web. Um cidadão pagou R$ 12 por ventarola de carnaval com propaganda da candidatura dele à Prefeitura do Rio, pelo PSDB, em 1990.

Contas do juiz

Marlon Reis, o juiz idealizador da Ficha Limpa, teve as contas da campanha para o Governo do Tocantins (2018) rejeitadas pelo TRE. O candidato do Rede se diz tranquilo para corrigir dentro do prazo indicado pelo tribunal.

Mau desempenho

Avançou no Senado a proposta que determina a demissão de servidores concursados por insuficiência de desempenho. Aprovado na Comissão de Assuntos Sociais, o PLS 116/17 passará por mais duas comissões, mas um requerimento pode levá-lo direto ao plenário. O texto propõe uma avaliação anual de desempenho por comissão formada pela chefia imediata, um servidor do RH e um colega lotado na mesma unidade.

Barrado na praia

Uma prova de como o mundo está de olho no Governo Bolsonaro. Paraty e Ilha Grande entraram para a Lista de Patrimônio Histórico da Humanidade semanas depois de o presidente insinuar que pretende fazer da região um Caribe brasileiro para o turismo.