Publicado em

A bancada evangélica se reúne esta semana com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, para tratar de estratégia de um Projeto de lei que aborde a questão da homofobia. A decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal de comparar o caso a crime de racismo irritou a frente parlamentar. Os argumentos para convencer Maia incluem os reclames de que a Corte está legislando muito.