Publicado em

Ex-ministro da Cultura do Governo Temer, o deputado federal Marcelo Calero (PPS-RJ) comprou briga com o ministro da Educação, Ricardo Vélez. Pediu explicações sobre a retirada de vídeos de um canal da TV Ines, no Youtube, de conteúdo para surdos.

Os vídeos teriam sido proibidos pelo MEC por conter supostas abordagens consideradas de ideologia de esquerda, na visão do ministro. Calero tem ganhado apoio de mestres universitários e de várias entidades no questionamento.