Publicado em

Criado no Governo Lula, em 2003, o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) manteve em sua composição entidades que fazem oposição ao Governo de Jair Bolsonaro (PSL), como a Central Única dos Trabalhadores – CUT, União Geral dos Trabalhadores – UGT e Força Sindical. Os novos membros do Conselho foram designados esta semana em portaria publicada pelo Ministério da Economia.

Além das centrais, têm assento no colegiado representantes do INSS, do Ministério da Economia e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). A primeira reunião do novo Conselho está agendada para esta quinta-feira.