Publicado em

Deputados vão tentar mudar o texto da reforma Tributária (PEC 45/2019), que tramita em comissão especial, e incluir a previsão de taxação das grandes fortunas e dos lucros e dividendos. A emenda para alterar a proposta será apresentada pela bancada do PT no colegiado, composta por oito deputados, e liderada por Afonso Florence (PT-BA).

A admissibilidade da PEC já foi aprovada na CCJC. O texto propõe o fim de três tributos federais, o IPI, Cofins e PIS, além do ICMS, que é estadual, e do ISS, municipal, e reúne todos eles em novo tributo, o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS).