Publicado em

Calma, gente

O presidente da FUNAI, Franklinberg de Freitas, se desdobrou num telefonema na noite de sábado para contatos em Altamira a fim de contornar a crise local. Índios de várias etnias mantêm ocupação da sede regional e da sede da Norte Energia, que constrói a usina de Belo Monte. Cobram compensações ambientais acordadas. Franklinberg diz que o processo é demorado por causa de licitações de contratos com fornecedores.

 

 Olha quem fala

A presença em Lisboa do ministro da Justiça, Sérgio Moro, ex-xerife da Lava Jato, atiçou o ex-primeiro-ministro José Sócrates, que passou meses preso por braço da Operação em Portugal. Para um jornal, Sócrates chamou Moro de “ativista político disfarçado de juiz”. Quem deve, teme.

 

Vem chapa?

Os ex-candidatos à Presidência Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) desembarcam hoje em Brasília para debate sobre os primeiros 100 dias do governo de Bolsonaro (PSL). Os senadores Randolfe (REDE-AP) e Cid Gomes (PDT-CE), idealizadores do encontro, vão comandar a mesa no auditório Interlegis do Senado.

 

Liberdade de expressão

O veterano jornalista Henrique Barbosa, do Recife, segue alvo de intimidação através do judiciário, afirma, pelo ex-patrão Eduardo Queiroz, usineiro dono da Folha de Pernambuco. Já são 11 processos que o jornalista responde por injúria, difamação e calúnia. As matérias, embasadas em dados e fatos, estão no < henriquebarbosa.com >.