Publicado em

Surdos-mudos

A Câmara Federal fecha os olhos para o escândalo do deputado Luis Miranda (DEM-DF). Até ontem, ninguém do PT, PCdoB ou PSOL – partidos que tomam a frente nestes casos – representou contra ele no Conselho de Ética.

Sem larica

Em dias tão tensos, passou despercebido. A Comissão de Direitos Humanos do Senado rejeitou, por unanimidade, a legalização da maconha para fins recreativos no Brasil.

Cadê?

Os movimentos que protestaram contra outros governos sumiram das ruas, diante do corte de bolsas e de investimentos em educação. O MBL, sem lado, está na trégua.

INSS bicampeão

A despeito do desafio interminável de barrar fraudes nos benefícios, há avanços no INSS, tido como o maior programa de distribuição de renda social do Governo. O projeto “Meu INSS” venceu outra edição do Concurso Inovação no Setor Público, da Escola Nacional de Administração Pública. Inovação, resultados, a utilização eficiente de recursos, foco nas pessoas, transparência e controle pesaram na escolha.

Fake

Em maioria na CPMI das Fake News, a oposição pretende ter acesso ao relatório do grupo de trabalho criado pela Presidência do TSE (Grupo de Trabalho TSE/PGR/PF) para investigar a divulgação de fake news durante a eleição de 2018.

O objetivo é constranger o Governo, já que as apurações paradas na Corte envolvem suposto financiamento por empresários de disparos de fake news pró Jair Bolsonaro durante as eleições. A CPMI já aprovou convocação de representantes do WhatsApp, Google, Twitter, Youtube, Instagram, Facebook, The Intercept Brasil e Telegram.

Banco imobiliário

O Governo finaliza estudos para realizar permutas de terrenos e prédios da União, sem utilização, com imóveis privados em áreas urbanas e que possam ser utilizados por órgãos públicos. A Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União pretende, com a medida, reduzir o gasto com o pagamento de aluguéis. O órgão deverá colocar R$ 1 bilhão de imóveis à venda ainda neste ano.

Container resfriado

A economia vai dando sinais de reaquecimento. As exportações de carnes pelos Portos do Paraná registraram, de janeiro a agosto, 1,28 milhão de toneladas de carnes exportadas. É aumento de 13,7% em relação ao registrado no período em 2018. É a primeira notícia boa para a pecuária desde a operação Carne Fraca da PF.

Se beber..

A Cervejaria Ambev promove hoje outra edição do Dia de Responsa, campanha de conscientização nas ruas sobre o consumo de bebidas alcoólicas. No Brasil, serão 30 mil funcionários envolvidos. A ação se repete em outros 24 países onde a AB InBev opera.