Publicado em

O Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae confirmou na manhã desta quinta-feira (29) a eleição da nova diretoria da maior instituição de apoio aos pequenos negócios no País para o período 2019-2022. Conforme antecipada pela coluna, a chapa vencedora irá suceder a gestão de Guilherme Afif Domingos, ex-vice-governador de São Paulo e ex-ministro da Micro e Pequena Empresas no governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

A presidência ficará com João Henrique de Almeida Sousa, presidente do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) desde 2016,. Ex-deputado federal pelo Piauí e ex-ministro dos Transportes no governo Fernando Henrique Cardoso. Ele foi indicado pelo presidente Michel Temer.

“O Sebrae tem uma relevância tão forte no trato com o empresário de micro e pequena empresa que me sinto extremamente entusiasmado em continuar esse trabalho que o presidente Afif vem fazendo. Vou dar o melhor de mim para a instituição”, declarou João Henrique de Almeida Sousa, segundo a Agência Sebrae de Notícias.

A Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa no Congresso Nacional emplacou o deputado federal Carlos Melles (DEM-MG) como diretor de Administração e Finanças. Ele já foi relator de várias matérias relativas ao aperfeiçoamento da leigsiação dos pequenos negóicios.

A diretoria executiva será composta ainda por Vinicius Nobre Lage como diretor-técnico, ex-ministro do Turismo, servidor de carreira do Sebraee e atual diretor de Administração e Finanças. É engenheiro agrônomo com mestrado em gestão ambiental e doutorado em socioeconomia.

O novo presidente do Conselho Deliberativo Nacional será José Roberto Tadros, atual presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).