Publicado em

A diversidade, que vem ganhando espaço nos negócios, está se consolidando também na indústria do entretenimento. “Inclusão, diversidade, igualdade racial, étnica e de gênero não são só palavras do momento. Elas vão ao cerne do que nossa academia está fazendo”, disse na segunda-feira (4) John Bailey, presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, cujos membros escolhem os premiados do Oscar de 2019, e que participaram d almoço anual dos concorrentes em Beverly Hills (EUA). Dentre os indicados, a cantora pop Lady Gaga, o diretor mexicano Alfonso Cuarón e o cineasta norte-americano Spike Lee.

Mulheres ganham espaço

“Este ano tem a maior classe de mulheres indicadas. Longe da paridade, e é claro que precisamos melhorar. A paridade de gênero é um problema da indústria, não só um problema da academia”, disse Bailey aos convidados, entre os quais os atores Glenn Close, Bradley Cooper, Rami Malek e Amy Adams, de acordo com a Reuters. “Roma”, de Cuarón, e a comédia “A Favorita”, do diretor grego Yorgos Lanthimos, lideram as indicações, tendo sido lembrados em 10 categorias cada. A premiação será no dia 24 de fevereiro deste mês.

Rainha lésbica e doméstica nas telas

O crítico de cinema Luiz Zanin Oricchio confirma essa tendência. “A diversidade chega ao Oscar e torna-se clara entre os indicados para melhor diretor. Dos cinco, três deles nasceram em outros países: Alfonso Cuarón (México), Pawel Pawlikowski (Polônia) e Yorgos Lanthimos (Grécia). Dos dois norte-americanos, Spike Lee e Adam McKay, um é negro. Faltou ao menos uma diretora mulher”. “A Favorita” conta a história de uma rainha louca e lésbica na Inglaterra e suas cortesãs. “Roma” retrata a vida de uma empregada doméstica de família classe média no México.

Selic estável (I)

O mercado não espera corte nem alta da taxa básica de juros, a Selic, mas sim sua estabilidade nos 6,5% ao ano atuais, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que termina hoje. Para o especialista em dólar e trader profissional Jefferson Laatus, sócio fundador do grupo LAATUS, a expectativa é que a semana seja neutra no que diz respeito ao resultado do Copom. “O último Boletim Focus refletiu isso: ninguém espera alta ou recuo na taxa. Talvez quando a Reforma da Previdência estiver mais encaminhada, o cenário se altere e haja um corte”, afirma.

Selic estável (II)

Se, por um lado, o Banco Central não tem, pelo menos por enquanto, motivos para elevar a Selic, sendo mais importante agora manter o estímulo à economia, por outro também não é o momento de o Banco Central cortar mais os juros, diz Laatus. Embora a inflação esteja bem comportada e beneficiada pela queda do dólar, o cenário do câmbio e dos preços não está muito claro por causa das incertezas ainda existentes no horizonte das reformas estruturais. “A tendência é que haja cortes mais adiante, ainda mais se o governo começar a cumprir suas promessas”, prevê.

Selic estável (II)

Se, por um lado, o Banco Central não tem, pelo menos por enquanto, motivos para elevar a Selic, sendo mais importante agora manter o estímulo à economia, por outro também não é o momento de o Banco Central cortar mais os juros, diz Laatus. Embora a inflação esteja bem comportada e beneficiada pela queda do dólar, o cenário do câmbio e dos preços não está muito claro por causa das incertezas ainda existentes no horizonte das reformas estruturais. “A tendência é que haja cortes mais adiante, ainda mais se o governo começar a cumprir suas promessas”, prevê.

Empregadores top

Presidentes de cinco das 38 empresas Top Employers Brasil 2019, que entraram no ranking do programa de certificação global que avalia a excelência das boas práticas no ambiente de trabalho, participam de premiação, marcada para amanhã (7), em São Paulo. São eles: Marc Hasson, da Boehringer Ingelheim; Paulo Barbosa, da Roche Diabetes Care; Claudio Ferreira, da JTI; Cristina Palmaka, da SAP Brasil e Mirele Griesius Mautschke, CEO da DHL Express, além do vice-presidente do Banco do Brasil, Antonio Gustavo Matos do Vale, que em janeiro trocou o comando da área de tecnologia pela de Gestão de Pessoas, Suprimentos e Operações. “Quase a totalidade das certificadas vêm investindo em iniciativas de posicionamento de sua marca empregadora e apresentado melhoras contínuas em uma série de indicadores de desempenho que, no médio prazo, vêm impactando positivamente seus resultados financeiros”, destaca Gustavo Tavares, Country Manager do Top Employers Institute Brasil.

Reciclagem pet

Feira MegaGrooming traz workshop gratuito para quem deseja empreender na área pet “Para comemorar 10 anos de vida”, o MegaGrooming Show Experience, maior evento de capacitação técnica do mundo na área de estética animal, se transformou num projeto mais amplo: uma feira do segmento pet, de 17 a 19 de fevereiro, no Palácio das Convenções do Anhembi, na capital paulista. O seminário internacional com a participação dos principais groomers brasileiros e internacionais continua sendo um dos grandes destaques, mas, agora, com a feira, o evento associou uma nova proposta e selecionou uma área exclusiva de acesso livre e gratuito que comportará uma feira com 50 expositores, além de dois espaços com palestras gratuitas, o Workshop de Negócios e Área do Empreendedor Pet. A ideia é oferecer conteúdo para quem deseja empreender em pequenos e médios pet shops ou para quem já atua na área e procura reciclagem e profissionalização.

Para limpar a sujeira

A Steffen – uma das maiores distribuidoras de material de limpeza profissional do Estado do Rio de Janeiro – comemora um crescimento próximo a 10% no ano passado. No último trimestre houve aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, o que mostra o forte viés de progresso durante 2018. A empresa projeta avanço de 35% em 2019, por conta da ampliação do mix de produtos (entrada em material de escritório), expansão no segmento de limpeza profissional e do projeto Steffen Digital. Para isso, a Steffen está investindo na ordem de R$ 500 mil, sendo R$ 200 mil somente na implantação da área digital no primeiro ano. Segundo o diretor comercial da Steffen, Vicente Maia, o material de escritório vai representar 25% do faturamento da empresa no prazo de três anos. “Com essa nova expansão, completamos o nosso mix de produtos. Passaremos a entregar todos os suprimentos que nossos clientes demandam, sejam empresas ou condomínios, com a qualidade e serviço que eles já conhecem.”

 Artesanato sustentável

Quase metade dos artesãos brasileiros utilizam materiais reciclados (Foto: Divulgação)

O Ministério de Turismo estima que existam cerca de 10 milhões de artesãos no país. Deste número, dados do IBGE mostram que cerca de 46% deles  identificam oportunidades de ganhos com a utilização de resíduos e 48,3% já utilizam materiais reciclados em seu processo produtivo. A Rio Artes Manuais, promovida pelas lojas Caçula, acontecerá de 20 a 24 de março no Centro de Convenções SulAmérica. O evento espera receber mais de 27 mil visitantes e oferece gratuitamente mais de 20 mil vagas para quem deseja aprender ou aprimorar em mais de 250 técnicas de artesanato. Nesta 13ª edição, o mote será “Pequenos gestos, grandes mudanças” e vai promover oficinas e exposições gratuitas que abordarão a sustentabilidade e o cuidado com o meio-ambiente. Informações: http://rioartesmanuais.com.br

*Liliana Lavoratti é editora de fechamento

liliana@dci.com.br