Publicado em

Enquanto a economia começa a dar sinais de retomada, os empresários do comércio varejista que pisaram no freio durante a crise precisam traçar estratégias para garantir estrutura para o momento de retomada do consumo. De cursos de capacitação à busca de novos fornecedores, o varejista precisa estar atento, e forte, para retomar as vendas perdidas durante a recessão e garantir que a concorrência não corroa parte das vendas neste momento delicado do País. Algumas soluções oferecidas por empresas dos mais distintos segmentos podem ajudar os empresários a elucidar o melhor caminho nesse processo de retomada do consumo.

Fornecedores prontos

Confiando na retomada do consumo e recuperação das vendas no varejo têxtil, a Global Química & Moda (GQM) se prepara para expandir os negócios em 2019. Hoje a empresa tem 70% do market share brasileiro no segmento de fornecimento e para ganhar mais escala, o gerente de marketing do grupo, Felipe Simeoni, conta que a meta é crescer 20% este ano. “Teremos, ao longo do ano, cinco novas centrais de vendas. Hoje, além da sede, em são Paulo temos filial em Blumenau e pretendemos estar mais próximos do mercado de impressão no Nordeste e no Centro Oeste.”

A relevância do networking

Para nortear empresários sobre os caminhos do varejo acontece entre 22 e 24 de março o 7º Fórum LIDE do Varejo. O encontro contará com a presença de executivos das maiores redes varejistas do Brasil e terá ainda quatro LIDE TALKS, encontros menores que tratam com profundidade temas específicos de tendências dos negócios. Segundo o chairman do LIDE, Luiz Fernando Furlan o evento que acontece no Hotel Sofitel Jequitimar, no Guarujá (SP) é um caminho efetivo para um melhor aproveitamento da retomada do varejo brasileiro.

Olhar de consumidor

Com atuação em consultoria e pesquisa de perfil do consumidor para auxiliar marcas a realizar lançamentos, a Mob Inc entrou em 2019 com planos otimistas. Após faturar R$ 1,5 milhão ano passado, alta de 60% frente a 2017, a meta agora é avançar mais 30% e manter o ritmo de crescimento na casa dos dois dígitos. Para sustentar tal meta, o fundador e CEO, Thiago Felinto, lembra que a empresa possui forte atuação em países como Argentina, México, Colômbia e Chile e já atuou para grandes companhias como Coca Cola, C&A, Nestlé, City, Bauducco, Boticário, Itaú, Gol e Netflix.

Faça suas contas

Ao fazer com que o participante reconheça e supere suas fraquezas, o especialista em planejamento pessoal Ricardo Piza ensina, no Workshop Sucesso Financeiro e Prosperidade, técnicas de fortalecimento e aproveitamento de oportunidades, permitindo que o ouvinte possa conseguir elevar seu negócio para um próximo nível, com planejamento sólido e consistente de curto, médio e longo prazo. A oficina acontece no dia 23/03, das 9 horas às 17 horas, no Spaces Berrini, em São Paulo. Inscrições pelo site www.ricardopiza.com. /Colaborou Paula Cristina