Publicado em

A multa milionária — 50 milhões de euros, ou R$ 216 milhões — aplicada na semana passada ao Google por autoridades francesas com base no Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) é um alerta para empresas brasileiras, segundo especialistas. “O RGPD determina que infrações aos princípios básicos, como condições para consentimento e direitos dos titulares de dados estão limitadas a 4% do faturamento anual global, que no caso do Google alcança trimestralmente dezenas de bilhões de dólares. No Brasil, as multas são de no máximo R$ 50 milhões por infração”, diz Wilson Sales Belchior, sócio do Rocha, Marinho e Sales Advogados.

Europa é exemplo em proteção de dados

Para o advogado, é importante as empresas contarem com assessoria jurídica qualificada em compliance, a fim de ajustarem seus procedimentos ao que determina a legislação de proteção de dados nos países em que atuam. Alexandre Zavaglia, vice-presidente de Educação da Future Law e especialista em análise de dados na área do Direito, ressalta que a legislação europeia está servindo de exemplo para o mundo todo. “Essa condenação demonstra que as empresas brasileiras precisam começar o quanto antes a sua adequação com a legislação que vai valer a partir de 2020."

Publicidade e geolocalização

Fernando Santiago, sócio do Chenut Oliveira Santiago Advogados e representante de companhias brasileiras na área de proteção de dados pessoais no Brasil e na Europa, acredita que o fundamento jurídico da maior sanção já aplicada pelas autoridades francesas foi a validade do consentimento para a personalização da publicidade na utilização do sistema Android. “O Google foi multado por impor ao usuário cinco ou seis ações para acessar informações completas sobre coleta de seus dados pessoais para a personalização das publicidades ou geolocalização”, explica.

Sem consentimento em bloco

A punição também resultou de preenchimento automático da aceitação, pelo usuário, de anúncios personalizados e obrigação de concordar, em bloco, com condições gerais de uso e confidencialidade para criar uma conta, sendo que o RGPD exige consentimento “inequívoco” e “específico” para cada finalidade. “Fundamentos jurídicos utilizados pelas autoridades francesas são quase idênticos aos da Lei Geral de Proteção de Dados brasileira. Espera-se que até fevereiro de 2020 as empresas do Brasil aprendam o suficiente para adotar as melhores práticas”, diz Santiago.

Onde está a proposta para a economia?

Economista-chefe da Reag Investimentos, Simone Pasianotto: Paulo Guedes não se sente confortável para apresentar proposta de reforma da Previdência (Crédito: Divulgação)
 

O tão esperado programa econômico da equipe de Bolsonaro parece que não foi ainda nem rabiscado e continua no brainstorming, diz a economista-chefe da Reag Investimentos, Simone Pasianotto. “As propostas de reforma fiscal, ventiladas na campanha, não avançaram durante o governo de transição e, após 15 dias de governo, mais silêncio. Agora, após Davos, fica cada vez mais evidente que a equipe econômica liderada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes ainda não se sente confortável para apresentar qualquer rascunho da Reforma da Previdência.”

Aluguel de carro por aplicativo

Nesta época de férias, a procura por aluguel de carro só cresce. O serviço está disponível para os mais de 1,4 milhão de segurados da Bradesco Auto RE, e permite ao motorista solicitar o aluguel de carro na Localiza Hertz pelo aplicativo:serviço de fácil navegação, inédito, e disponível em todo território nacional. De quebra, oferece ainda 5% de desconto na melhor tarifa do dia.  A nova funcionalidade permite ainda solicitar carro reserva, em casos de roubo/furto ou danos no veículo, quando autorizado pela seguradora, também disponível para os segurados da Bradesco Auto conta com a parceria da Localiza Hertz.

Apoio a empreendedores e executivos

Fréderic Lamotte, novo diretor-geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável global da região das Américas (Crédito: Divulgação)
 

“Com uma riqueza pessoal estimada em US$ 1,6 trilhão, o Brasil continua um mercado-chave para nós, com um alto potencial de crescimento. Hoje, lado a lado com o Crédit Agricole CIB, o braço corporativo e de banco de investimentos do grupo em São Paulo, a ambição da Indosuez é ajudar ainda mais os empreendedores e executivos brasileiros, e realizar suas fusões corporativas, aquisições e vendas”, afirma Fréderic Lamotte, novo diretor-geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável global da região das Américas. Ele se junta ao time da CA Indosuez Wealth no Brasil quando a organização comemora 70 anos de presença no país, apoiando fundos familiares, empreendedores e uma rede de indivíduos de alto patrimônio líquido. Desde 2012, ele era diretor de Investimentos do Indosuez Wealth Management Group.

Oi fortalece área de vendas para governo

Com o propósito de fortalecer sua estrutura comercial do segmento corporativo, a Oi contrata neste início de ano Mauricio Velloso, novo executivo que estará à frente da diretoria de Vendas voltada para o governo federal, com foco em auxiliar o setor público na jornada da transformação digital. Engenheiro elétrico e com MBA em Gestão Empresarial, Maurício Velloso tem mais de 27 anos de experiência no setor de Telecomunicações, Tecnologia da Informação e Energia com experiência na área comercial e de TI.

#GuardeSeuMulti

A Multilaser, uma das líderes nacionais nos setores de telefonia, eletroeletrônicos e informática, lança a campanha #GuardeSeuMulti, com o objetivo de alertar a população sobre os malefícios do uso excessivo de aparelhos eletrônicos e internet e estimular a criação de conexões reais. O projeto, de 21 de janeiro a 15 de março, acontecerá às segundas e quartas-feiras, abordando sete temas diferentes que exploram diversas situações em que os dispositivos podem interferir na vida das pessoas. A empresa fará ainda um post-decreto às sextas-feiras oficializando que suas atividades nas redes sociais só retornarão na segunda-feira e estimulando as pessoas a se desconectar para criar conexões reais durante os finais de semana.

Ajuda na saúde dentária na Guiné-Bissau

A Dentalis, líder brasileira em softwares odontológicos em nuvem, está fornecendo inteligência de dados para o Projeto Educando GB, que apadrinha crianças da segunda maior cidade de Guiné-Bissau, Gabú, para que elas recebam uma educação em saúde bucal de qualidade. Recentemente, o dentista Marcelo de Albuquerque, da Odontologia Jardim, esteve no país para, em parceria com a ONG Projeto Educando, que promove a educação de crianças e jovens da Guiné Bissau, realizar mais de 200 atendimentos e procedimentos e distribuir cerca de 1500 escovas e pastas de dente. Fundador e CEO da Dentalis, Sérgio Aronis diz que a empresa prioriza projetos sociais ligados à odontologia e à saúde bucal de pessoas em situações sociais frágeis. Além de um mapa da situação odontológica das crianças de Gabú, a Dentalis possibilita avaliação e comparação dos materiais.

 

PLANO DE VOO