Publicado em

A Organização das Nações Unidas (ONU) responsável por padrões trabalhistas internacionais adotou um novo tratado contra violência e assédio no local de trabalho, encorajada pelo movimento de mulheres #MeToo. A convenção, que será vinculante para governos que a ratificarem, foi acordada por ampla margem no último dia da conferência anual da Organização Internacional do Trabalho (OIT), na sexta-feira (21), com governos, empregadores e trabalhadores. “Pela primeira vez a comunidade internacional se equipou com instrumento global para combater violência e assédio no trabalho”, disse o diretor-geral da OIT, Guy Ryder.

De Hollywood para ...

O movimento #MeToo, desencadeado por alegações em Hollywood em 2017, jogou uma luz forte sobre padrões generalizados de assédio e abuso sexual em diversas esferas da sociedade norte-americana. Levou dezenas de homens poderosos na indústria de entretenimento, política e outros campos a serem acusados de má conduta sexual, enfatiza a Reuters. A OIT, instituição centenária, começou as primeiras discussões acerca do tema em 2015, disse Ryder, acrescentando: “O ímpeto e significado desse processo foi acentuado pelo movimento #MeToo.”

... todas as áreas de trabalho

O tratado visa proteger trabalhadoras, independente do status contratual, de assédio em locais onde são pagas, seja descansando, comendo ou usando instalações sanitárias. Ele também engloba viagens a trabalho, treinamentos, atividades sociais, comunicações e deslocamento ao trabalho. Ryder disse que o próximo passo seria as ratificações nacionais. Todos, com exceção de seis governos votaram a favor do pacto. Rússia, Cingapura, El Salvador, Malásia, Paraguai e Quirguistão se abstiveram. Empregadores da Malásia e países latino-americanos votaram contra.

Brasil e China estreitam relações

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, já está em Roma e trabalha pela eleição do vice-ministro da Agricultura da China, Qu Dongyue, à Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). A eleição estava marcada para acontecer ontem (23), na 41ª Conferência da FAO. O eleito assumirá o lugar de José Graziano da Silva, que ocupa o cargo desde 2012 e vai se afastar em julho. "Só se ganha uma eleição quando se conta o último voto. Vamos trabalhar juntos", disse a ministra em nota distribuída por sua assessoria.

Aliança chegou à eleição da FAO

Na sexta-feira (21), Tereza Cristina reuniu-se com o ministro da Agricultura e Assuntos Rurais da China, Han Changfu. De acordo com o Estadão Conteúdo, o ministro Han Changfu pediu conselhos e o apoio brasileiro, principalmente para conquistar os votos da América Latina e do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido). A ministra reforçou que a eleição na FAO aumenta a cooperação entre os dois países. Segundo a ministra, Brasil e China têm muitos assuntos para definir dentro da pauta agrícola.

Brasil exporta modelo de ...

No dia em que o Instituo Besouro de Fomento Social fechou parceria com o governo de Guiné-Bissau, 60 novos pequenos negócios foram criados. (Foto: Divulgação)

O Instituto Besouro de Fomento Social, entidade brasileira dedicada ao desenvolvimento de pessoas em vulnerabilidade social por meio do empreendedorismo, sediada em Porto Alegre (RS), iniciou em Portugal a capacitação em projeto que ensina, de forma gratuita, a criar plano de negócios e o adapta para novas empresas de pequeno porte. A Juventude Empreendedora faz parte de iniciativa em parceria com o Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (FJCPLP). Até o final deste mês, o projeto passará por Moçambique, Cabo Verde e Angola. O programa também será implantado em São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste. Em Guiné-Bissau, foi assinado acordo de cooperação entre o Instituto Besouro e o governo federal, e, no mesmo dia, 60 novos negócios foram criados em Bissau, capital do país. O objetivo principal é implementar a primeira incubadora pública de empresas da África Ocidental.

... empreendedorismo social para a África

“Nosso objetivo é reproduzir em mais países de língua portuguesa as experiências que há anos desenvolvemos no Brasil, com muito êxito. Mais do que exportar matéria-prima, queremos mostrar que somos capazes de levar conhecimento a outras nações”, explica o gaúcho Vinicius Mendes Lima, fundador da Besouro Agência de Fomento Social. Para ele, a conquista mostra o reconhecimento do potencial empreendedor de nações por vezes estigmatizadas. “Em um continente onde vivem 15% da população mundial e que possui os maiores índices de pobreza do planeta, empreender não é uma possibilidade, é uma necessidade. Por isso, chegamos para contribuir com o desenvolvimento das pessoas que mais precisam gerar renda”, destaca Mendes Lima.

Faturamento mais no Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados é um evento que movimenta o setor de varejo. Nos salões de beleza não foi diferente. Durante a data, os estabelecimentos faturaram mais, já que os namorados investiram nos cuidados com a beleza para as comemorações e a procura pelos serviços foi maior, de acordo com a plataforma Avec. Os salões registraram em 12 de junho aumento médio de faturamento de 4,5%, em relação ao ano anterior. Já o número de clientes cresceu 8,2% na comparação com 2018. Apesar do crescimento, o valor médio gasto com serviços de beleza caiu, na comparação com o ano passado. Em 2019, no Dia dos Namorados, o brasileiro gastou em média R$ 98 nos salões. Na mesma data, em 2018, esse valor foi de R$ 102. Quando comparado ao dia anterior (11), o faturamento dos salões no Dia do Namorados foi 40%  maior. No ano passado, no mesmo período, o crescimento foi de 31%.

Na guerra das ‘maquininhas’

A iZettle, fintech sueca líder em meios de pagamentos na Europa, acaba de anunciar o lançamento da funcionalidade contactless no Brasil. A partir de junho, todas as máquinas de pagamentos comercializadas pela empresa contam com a tecnologia de proximidade. Com foco no pequeno e médio empreendedor, a fintech pretende popularizar a modalidade no país com as novas máquinas na modalidade mPos. “No Brasil, a maior adesão do uso da tecnologia reflete consequentemente no aumento de pagamentos eletrônicos em substituição ao dinheiro em papel, o que gera benefícios financeiros, redução de custos operacionais e crescimento econômico. Por isso, inclusive, o incentivo das instituições financeiras”, diz Maria Oldham, CEO da iZettle. Segundo ela, a tecnologia contactless é uma oportunidade de digitalizar bilhões de transações de baixo valor, melhorando a experiência do consumidor, além de redução de custos operacionais para os estabelecimentos.

‘Pulo do gato’ para pet shop

Utilizar sistemas de ponto de venda adequados é o diferencial para um pet shop,  físico ou online, defende Reginaldo Stocco, CEO da starup VHSYS, especializada em gestão empresarial para pequenas e médias empresas. “Boa parte das vendas é feita por pequenos negócios, especialmente em regiões em que as grandes lojas ainda não chegaram. Entretanto, para não serem engolidas por megastores, os pequenos empresários precisam focar em gestão eficiente e atendimento personalizado”, afirma.  Outro ponto crucial é garantir um atendimento mais personalizado para os clientes. "A vantagem de lojas menores é a facilidade para  criar um vínculo com os clientes, personalizando as vendas e ações internas que garantam a fidelidade. Imagine o pessoal da loja enviando mensagens de texto para os donos dos pets lembrando da ração, vacinas, novas roupas, dicas de bem-estar animal. São pequenas ações que fazem a diferença para fidelização", diz. A VHSYS é uma startup paranaense que fornece um sistema online de gestão empresarial descomplicado para micro, pequenos e médios empresa

Saúde e sustentabilidade

A ABQV promove a 18ª edição do Congresso Brasileiro de Qualidade – “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, com a participação do diretor executivo do Pacto Global para as Américas, Carlo Linkevieus Pereira e de Libby Timmons, presidente da EAPA (Employee Assistance Professionals Association), dos EUA, maior e mais antiga organização de profissionais que atuam com programas de assistência ao empregado. No evento, serão apresentados temas ligados à qualidade de vida, bem-estar e saúde ocupacional. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os ganhos dos investimentos em saúde podem gerar U$ 350 bilhões, evitando custos com a saúde e aumentando a produtividade até 2030. O Congresso acontece de 23 a 25 de junho, em São Paulo.

‘Loja’ de brindes

O cliente escolhe no aplicativo o ‘mimo’ e depois na passa na loja física e retira, sem custos. (Foto: Divulgação)

O Shopping Metrô Tucuruvi é o primeiro shopping center do Brasil a abrir uma loja onde os clientes não precisam pagar pelo que levarão para casa.  A Mimoo Grátis chega com um conceito inovador, disponibilizando todos os dias um produto diferente e gratuito para os consumidores. A inauguração reforça a estratégia de inovação pela tecnologia iniciada pelo shopping center no início do ano, com atuação em um ambiente multicanal com parcerias com a Rappi, Zipz e Pegaki. “Queremos proporcionar aos nossos clientes experiências únicas, inovadoras e que facilite o dia-a-dia. A Mimoo Grátis é a primeira loja do país em que o cliente vai apenas para retirar o produto escolhido: sem burocracia e sem pagar nada”, explica Fabrício Cunha, gerente de Marketing Regional São Paulo e do Shopping Metrô Tucuruvi, na capital paulista.

 

 

Liliana Lavoratti é editora de Fechamento - liliana@dci.com.br