Publicado em

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) informou, na sexta-feira (13), que 5.909.545 suínos já foram eliminados em países asiáticos por causa da contaminação com a peste suína africana (ASF, na sigla em inglês). O número representa um incremento de 208.178 animais em relação ao levantamento anterior da organização, de 6 de setembro. Segundo a organização, o balanço compila informações de órgãos federais dos países. A revisão para cima deve-se à elevação no número de suínos descartados no Vietnã, que passou de 4,7 milhões. É o pior número de animais levados ao abate sanitário no país.

Ásia é a região mais afetada pela doença

A FAO informou também que oito novos focos da doença foram detectados no continente asiático. Dos novos casos, sete foram reportados nas Filipinas e um na China. Com a atualização, a FAO estima 346 focos espalhados pela Ásia, ante 338 do relatório anterior da organização. No levantamento, a FAO incluiu a identificação da doença nas Filipinas. O Departamento da Agricultura do país confirmou identificação do surto em setembro. O vírus foi identificado em sete aldeias, levando ao abate de 7,95 mil animais. A situação mais crítica continua na China, com 157 focos.

‘UE deveria parar de comprar itens do BR’

O ministro das Finanças da Finlândia, Mika Lintila, afirmou na sexta-feira (13) que a União Europeia deveria parar de importar carne bovina do Brasil e considerar uma suspensão de compra de soja para pressionar o governo brasileiro, mirando o combate às queimadas na Amazônia. A Finlândia, que detém a presidência temporária da UE, solicitou às autoridades europeias que “descontinuem a importação de carne bovina do Brasil”, disse Lintila em entrevista coletiva em Helsinque. Ele acrescentou que considera fazer o mesmo a respeito da soja.

Safra de soja deve bater recorde

A produção de soja do Brasil na temporada 2019/20 deve ser recorde, com aumento de 6,6%, à medida que especialistas apostam em uma recuperação da produtividade média após uma safra menor em 2018/19, apesar de um tempo mais seco em setembro, quando produtores em geral dão a largada no plantio. De acordo com pesquisa da Reuters, a safra do Brasil 19/20 foi estimada em recorde de 122,6 milhões de toneladas, em média, praticamente estável ante levantamento realizado no início de agosto, com alguns participantes mantendo suas previsões mensais.

Oito anos de Câmaras Empresariais

Depois de oito anos de Jurisprudência das Câmaras Empresariais, o advogado Gustavo Tavares Borba – professor da Faculdade Getulio Vargas (FGV) e diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) – debate os principais pontos ligados ao tema em palestra que será realizada hoje (16), às 19h, no auditório do Warde Advogados, na Alameda Itú, 852, no Jardim Paulista, em São Paulo. As câmaras foram criadas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e são responsáveis por julgar, em segundo grau, demandas e recursos derivados de litígios empresariais. /Agências

PLANO DE VOO