Publicado em

A Volkswagen está afiando as garras para ganhar – e recuperar – mercado. Além da renovação do portfólio, a montadora está apostando alto em campanhas que extrapolam as mídias tradicionais. “As plataformas digitais ganham cada vez mais relevância. Estamos desenvolvendo estratégias específicas porque, apesar da compra ser física, as pessoas estão no digital. A jornada hoje é digital”, afirmou ao DCI o gerente executivo de gestão da marca e comunicações da Volkswagen América do Sul, Leandro Ramiro. Ele destaca que, com a ofensiva de novos produtos, a empresa quer resgatar clientes que, por algum motivo, não estão na marca.

A lenda...

A estrela da vez para a Volkswagen é o T-Cross, SUV que está para ser lançado em breve. As ações incluem desde estratégias tradicionais como o modelo sendo o “carro oficial” da turnê – por tempo limitado – da dupla Sandy & Junior até uma webserie com oito episódios. “A ideia é abarcar o maior público possível. A campanha do T-Cross será o maior investimento da empresa, em divulgação, para este ano”, ressalta Ramiro. O modelo compõe um dos cinco SUVs previstos para o Brasil até 2020 e já está sendo produzido na planta da companhia em São José dos Pinhais (PR).

Mulheres ocupam fazenda em Goiás

Mulheres que integram o Movimento Sem Terra (MST) e o Movimento Camponês Popular (MCP) ocuparam ontem a fazenda Agropastoril Dom Inácio, em Anápolis, entre os distritos de Interlândia e Souzânia, no interior de Goiás. A área que está sub judice tem em torno de 600 hectares e fica próxima à rodovia GO-433. A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas das Mulheres Sem Terra que começou na última semana com mobilizações em todo país. O dono do espaço é João Teixeira de Farias, também conhecido como João de Deus.

João do Latifúndio

Acusado em dezembro de 2018 pelo Ministério Publico de Goiás por abuso e violência sexual, mais de 500 mulheres fizeram acusações contra o médium que atuava, desde 1976, em uma casa em Abadiânia, também em Goiás. “ Por esses e tantos outros motivos, as mulheres Sem Terra ocupam hoje um território que é fruto do abuso, do estupro e da violência. Lutamos #PorTodasNós em um Brasil que segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) é o quinto em mortes violentas de mulheres no mundo”, dizia o comunicado assinado pelas mulheres.

China estende a mão à Venezuela

A China se ofereceu ontem para ajudar a Venezuela a recuperar sua rede elétrica, após o governo de Nicolás Maduro ter acusado o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de uma "sabotagem" cibernética que teria causado o maior blecaute da história venezuelana. Em meio ao sexto dia de falta de energia na Venezuela, o porta-voz do ministério chinês de Relações Exteriores, Lu Kang, disse que a China recebeu relatos de que o blecaute teria se dado devido a um ataque hacker. "A China está profundamente preocupada com isso", disse Lu. /Colaborou: Juliana Estigarríbia

PLANO DE VOO