Publicado em

São Paulo - Buscando um meio para não perder espaço para o Ponto Frio , marca pertencente ao Grupo Pão de Açúcar, a rede varejista Fast Shop investe em parcerias exclusivas para se destacar com o seu público -alvo A e B.

O acordo mais recente foi a empresa de eletroeletrônicos Electrolux com a linha Home Pro completa para a cozinha composta por fogão, refrigerador, cooktop, micro-ondas, forno elétrico, lava-louças e coifa. Os produtos têm preço a partir de R$ 899.

O diretor de Marketing da Fast Shop, Luiz Pimentel, afirma que essa não é a primeira parceria da rede e será a tendência no mercado varejista de eletroeletrônicos. "Hoje buscamos este tipo de negociação para os nossos clientes. Tanto que já fechamos parcerias com a Sony, Samsung e projetos HP", enfatiza o porta-voz.

Com o intuito de continuar abrindo lojas e sem revelar números de investimentos a Fast Shop amplia seu portfólio de serviços e firma parcerias com grandes incorporadoras e construtoras como Agre, Cyrela, Even, Gafisa e Stan para atuar com o projeto Fast Life (departamento de automação da Fast Shop).

A partir de agora, os compradores de imóveis poderão optar, ainda na planta, por soluções modernas que proporcionam maior conforto às famílias e uso mais inteligente dos eletroeletrônicos da casa. Com o reconhecimento de digitais, a fechadura é acionada abrindo a porta da casa, e, automaticamente, a música preferida começa a tocar, a iluminação e o ar condicionado são regulados de acordo com preferência do morador e a TV liga no canal favorito. "O serviço de automação agrega valor ao imóvel das incorporadoras porque oferece uma imagem de tecnologia e modernidade aos novos empreendimentos", enfatiza Pimentel. Ele ainda complementa que este serviço estará disponível nas lojas físicas da rede a partir de junho com o preço acima de R$ 10 mil.

Hoje a loja possui 66 pontos de venda.

Com a tecnologia dos tablets a marca também reforça sua presença no mercado de tecnologia e está aumentando o número de lojas com espaços dedicados a produtos e acessórios da Apple, com 22 novos pontos-de-venda. Assim, o grupo passa a ter a maior rede Apple Shop em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Curitiba e Brasília. O volume financeiro destinado ao investimento não foi divulgado, mas a entrada dos tablets da Apple está movimentando as vendas da rede.

O grupo GPA presidido pelo Enéas Pentana continua este mês a conversão de 44 unidades das lojas Extra Eletro localizadas no Estado de São Paulo para a bandeira Ponto Frio.

Classe B

Segundo a Federação do Comércio de São Paulo (Fecomércio-SP), nos últimos quatro anos o crescimento de todas as classes foi de 20% a 30% ao ano, mas apesar de ter menos volume para gastar do que as classes C e D, os novos consumidores classe B têm duas vezes mais dinheiro do a classe A no Brasil. Segundo a Pesquisa Familiar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2009, enquanto a classe A tinha renda de R$ 421 bilhões para gastar, a B tinha R$ 862 bilhões. O levantamento do IBGE aponta ainda que o potencial de consumo das classes B2 e B1 soma R$ 970 bilhões no ano passado, 30% mais do que em 2009.