Mercados de ações se recuperam com as eleições dos EUA

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os mercados de ações se recuperam fortemente no mundo todo à medida que os americanos se dirigem às urnas. Além disso, o provável impacto de qualquer resultado no estímulo econômico preocupa os investidores.

O FTSE 100 de Londres estava 2% mais alto nas negociações do início da tarde. Com os mercados europeus também à frente, recuperando-se após os ganhos de Wall Street e nas negociações da Ásia durante a noite.

Houve ganhos adicionais depois que Nova York abriu novamente na terça-feira, com o Dow Jones, S&P 500 e o Nasdaq todos cerca de 2% mais altos nos primeiros negócios.

 

Imagem: Reprodução / Unsplash

Mercados de ações se recuperam

A valorização das ações com a escolha dos Estados Unidos entre Donald Trump e o desafiante Joe Biden ocorre após um final de outubro sombrio na semana passada, que viu o FTSE registrar sua pior queda mensal desde março.

Contudo, temores sobre o impacto econômico de uma segunda onda de infecções por coronavírus e novas medidas de bloqueio incomodaram os comerciantes recentemente.

A queda do mercado no início do ano foi travada quando bancos centrais e governos – liderados pelos EUA – lançaram medidas de estímulo sem precedentes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Agora, alguns comerciantes parecem estar apostando em Joe Biden liderando uma varredura democrata na Casa Branca e no Senado, permitindo-lhe entregar um novo grande pacote de medidas de gastos.

 

Uma aposta em Biden

Investidores e economistas dizem que um novo estímulo é necessário, mas o progresso não aconteceu por causa das disputas entre democratas e republicanos em Washington.

Em Londres, os investidores também estão de olho nas perspectivas de um acordo com o Brexit. Além das especulações de que o Banco da Inglaterra irá desencadear uma nova rodada de impressão de dinheiro ou flexibilização quantitativa no final da semana.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com Christian Stocker, principal estrategista do setor de ações da UniCredit, “atualmente, o mercado está apostando na vitória de Biden”.

“Sob a presidência de Biden, a economia dos EUA deveria apoiar mais os mercados de ações”, acrescentou.

Mas o economista-chefe de Berenberg, Holger Schmieding, alertou que alguns investidores podem estar se precipitando, especialmente se um vencedor claro não surgir rapidamente após a votação.

Informar Erro
eleições dos euaEUAmercado de ações
Comentários (0)
Comentar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -