Publicado em

Bauru - Parceria entre os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR) para desenvolver o "Projeto Angra Doce", polo turístico na Bacia do rio Paranapanema, na divisa entre os dois estados, já movimenta o mercado na região.

Deve ser inaugurado em agosto um resort cinco estrelas, o Tayayá Aquaparque, que será comercializado pelo sistema de compra fracionada ou "four seasons". Nesse modelo, o interessado pode adquirir o imóvel de lazer, sem algumas das desvantagem convencionais como custos de manutenção ou enjoar de visitar o local.

Na opção "four seasons", o investidor adquire 1/13 do apartamento com escritura pública, podendo usufruir do resort durante quatro semanas por ano, pela vida toda. Ou ao invés de usar, pode alugar ou trocar por outro dos 4.700 hotéis e resorts no Brasil e no mundo que são ligados à rede RCI (Resort Condominium International).

Ainda em junho, os diretores do grupo Tayayá, Euclides Gava Júnior e Beto Degani, ao lado da Fibrafort e a Náutica Paraná, lançam para os cotistas o Tayayá Lancha Fractional Club: o barco também pelo sistema fracionado. Quem comprou uma cota com quatro semanas de apartamento agora vai poder adquirir uma lancha também por meio de cotas.

O resort foi construído numa área de 150 mil m², em Ribeirão Claro (PR), às margens da represa Chavantes, com 400 km de lâmina de águas, 60 ilhas e várias cachoeiras.

Projeto de lei

Tramita no Senado PL para criação de área especial de interesse turístico na região. A expectativa é de fomentar o turismo e atrair empreendedores, com a promoção de esportes náuticos e radicais, pesca, aquicultura e lazer no eixo que liga Curitiba e São Paulo.