Publicado em

Na semana em que o Parque do Ibirapuera, o maior da América Latina, celebra 65 anos, a Prefeitura de São Paulo dispobiliza sinal de wifi público e de qualidade a seus usuários pela primeira vez.

A iniciativa faz parte da expansão do programa WiFi Livre SP, que está ampliandoa a rede de conectividade da capital de 120 para mais de 620 pontos de acesso à internet pública, gradativamente, até 2020.

“É a primeira vez que os usuários podem desfrutar desse serviço em seus momentos de lazer no parque. Estamos implementando uma das maiores redes públicas de conectividade da América Latina, democratizando o acesso, promovendo a inclusão digital e levando internet a quem mais precisa”, destaca Daniel Annenberg, secretário municipal de Inovação e Tecnologia, pasta que faz a gestão do programa.

Ao todo são dez pontos de acesso ao wifi espalhados pelo parque do Ibirapuera. De acordo com a Prefeitura, a expansão do programa WiFi Livre SP também está levando o wifi público para centros culturais e desportivos, bibliotecas, pontos turísticos, Centros Educacionais Unificados (CEUs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS’), entre outras localidades.

Expansão

O programa WiFi Livre SP tem como objetivo levar internet gratuita e de qualidade à população de São Paulo, fomentando a inclusão digital e a apropriação do espaço público.

Para viabilizar essa expansão da conectividade, ao longo de 2017 e 2018, a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia realizou estudos, abriu Procedimento Preliminar de Manifestação de Interesse, fez consultas públicas e publicou um edital de credenciamento por meio do qual empresas interessadas possam receber como contrapartida o direito de explorar modelo de negócios baseado na publicidade digital. Mais de 300 pontos de acesso foram direcionados a regiões de vulnerabilidade social, a fim de democratizar o acesso à internet e a inclusão digital.

As especificações do programa estabelecem que cada usuário conectado terá uma conexão individual e efetiva de, no mínimo, 512kbps, com qualidade e cobertura suficientes para assistir vídeos, baixar arquivos, fazer videochamadas e navegar rapidamente pela internet.