Publicado em

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da cidade de São Paulo conta com mais de 400 animais para adoção. São cães, gatos e até mesmo animais rurais, como cavalos e porcos, muitos Sem Raça Definida (SRD), de pelagem curta e longa, filhotes, adultos e idosos, de todas as cores e alguns portadores de deficiências físicas.

Os animais disponíveis para adoção são vacinados, castrados, microchipados, tratados contra pulga e carrapato, vermifugados e avaliados rotineiramente quanto ao seu comportamento. Além das feiras e festas, o serviço de adoção de animais acontece diariamente, desde 1984, com o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância da adoção de cães e gatos.

Desde agosto de 2008, o CCZ também conta com o site http://euadotonoccz.prefeitura.sp.gov.br/, página que reúne mais de 130 cães e gatos. Além das imagens dos animais, os interessados podem conferir as características e as informações sobre o comportamento de cada um. É possível filtrar a busca pelas características que melhor se adequam ao seu perfil, com tipo, sexo, cor, pelagem, porte e idade.

O site não faz reservas de animais. Para adotar, o interessado deve comparecer pessoalmente ao CCZ. Pitty, a mais antiga do centro, espera por um lar desde 2008

Como adotar

O interessado deve ir pessoalmente ao CCZ (Rua Santa Eulália, 86, em Santana). O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 15h (não funciona domingos e feriados). É necessário apresentar: CPF, RG, comprovante de residência, coleira (para cães) ou caixa de transporte (para os gatos). Também é preciso pagar no local a taxa municipal referente à adoção, que é de R$ 23. O animal será registrado em nome do adotante, que deve ser maior de idade. /Agências