Publicado em

Recente mudança no sistema de recepção da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) está trazendo conforto e atendimento personalizado às centenas de pessoas que procuram pela empresa todos os dias.

Implantado recentemente, o novo sistema funciona por meio de uma identificação prévia, incluindo fotografia, logo na chegada à portaria do órgão. Assim que a pessoa entra no prédio, aparece no computador dos atendentes o nome completo e a fotografia do cliente.

Após esse breve contato, quando a pessoa indica o assunto sobre o qual precisa ser atendida ou receber informações, o funcionário do setor requerido, por exemplo, da Coordenadoria de Contratação, Controle de Créditos e Seguros (CCCS), vem imediatamente ao encontro do usuário do serviço solicitado, no saguão e, novamente, chama essa pessoa pelo nome.

Como toda novidade, o sistema recém-implantado tem causado reações diferentes no público. No caso do pedreiro Cícero Vieira, por exemplo, a reação foi positiva. “Eu não entendi nada e até me assustei. Cheguei no saguão e a atendente já me chamou pelo nome. Muito bom isso, viu”, contou Vieira. “Normalmente, nas farmácias, Correios, bancos e lotéricas a gente pega uma senha e é tratado apenas como um número. Foi muito bom, gostei.”

Outro lado

Os funcionários também aprovaram o atendimento, que ficou rápido, prático e pessoal. Ana Cristina Hambruck, da Cohab, diz que a agilidade do sistema causa mesmo surpresa. “A pessoa olha para gente e pergunta: como você sabe meu nome? Daí explicamos que o novo sistema visa oferecer mais comodidade ao público. Todo mundo gosta.” Diretor comercial, administrativo e financeiro da Cohab de Campinas, Valter Greve, defende que o público sempre merece o melhor atendimento.

“A vida inteira eu trabalhei com atendimento ao público e aprendi que as pessoas precisam e gostam de um atendimento diferenciado, personalizado. Hoje, o munícipe chega, é identificado pelo nome e sobrenome e conduzido até as salas de atendimento. E este sistema foi desenvolvido aqui mesmo, pelos nossos especialistas do setor de informática”, disse.