Publicado em

A Atento, provedora de destaque de serviços de gestão de clientes e terceirização de processos e negócios na América Latina, inaugurou ontem (01) uma unidade da empresa no bairro de Itaquera.

A abertura é resultado do programa da Prefeitura de Incentivos Fiscais na Zona Leste da cidade de São Paulo.

A adesão da empresa ao programa aconteceu ano passado e foi apoiada pela SP Negócios, agência de promoção de exportações e atração de investimentos da Prefeitura, que também lidou com o licenciamento do terreno da instalação e o alvará de construção da empresa.

A nova unidade poderá gerar cerca de 3,5 mil empregos, além dos 7 mil indiretos gerados pela transferência de renda, com o estímulo do consumo local. A inauguração da Atento também deve atrair a instalação de outros empreendimentos nos arredores, motivados pela decisão da empresa líder no setor.

Iniciativas

O Programa de Incentivos Fiscais para a Zona Leste entrou em vigor no dia 1º de fevereiro de 2014, tendo duração de 25 anos. Os incentivos para a região, porém, não começaram na gestão Fernando Haddad. Enquanto prefeita, em 2004, Marta Suplicy criou o Programa de Incentivos Seletivos para promover e fomentar o desenvolvimento da área leste. Gilberto Kassab, em 2011, assinou Projeto de Lei para aprimorar a iniciativa da petista. O objetivo da Prefeitura era gerar empregos e renda na área cortada pela Avenida Jacu-Pêssego.

Além disso, Kassab também deu incentivos para investimentos a partir de R$ 50 mil na região da Arena Corinthians. O então prefeito, visando o desenvolvimento da região, encorajou a instalação e ampliação de negócios nos bairros da Zona Leste, por conta da abertura da Copa do Mundo de 2014, que aconteceu no “Estádio Itaquerão”.

Incentivos

Atualmente, o Leste de São Paulo possui 35% da população paulistana, mas apenas 16% dos empregos da cidade. Segundo a Prefeitura, cerca de 2,5 milhões de pessoas deixam a Zona Leste todos os dias para trabalhar em regiões mais centrais. O Programa de Incentivos Fiscais pretende estimular o desenvolvimento econômico e social da região, incentivando a instalação de empresas do setor de serviços e gerando novos trabalhos.

Em 2014, 14 áreas da Zona Leste passaram a contemplar o perímetro acolhido pela iniciativa, como a USP Leste e a Linha 12-Safira da CPTM.

As empresas que fizeram a adesão possuem o direito de isenção dos seguintes impostos: IPTU referente ao imóvel ocupado, Imposto sobre Transmissão “Inter Vivos” de Bens Imóveis (ITBI) e Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

Os setores incentivados pelo projeto são de serviços de informática, call center, data center, hospedagem, educação, saúde, serviços de instalação, manutenção de máquinas, alfaiataria, costura, tinturaria e lavanderia, carpintaria e serralheira, entre outros que empregam um número grande de pessoas.

Agora, há 12 empresas ativas participando do programa de incentivo da Zona Leste. Ao longo desses quatro anos, foram gerados 8,1 mil empregos diretos, sem contar as vagas da nova unidade da Atento. No total, somando também os indiretos, 32 mil pessoas foram empregadas por conta da iniciativa.