Publicado em

Administrar conflitos fora do âmbito do Poder Judiciário, respeitando os limites definidos pela Lei 9.307/1996, conhecida como "Lei da Arbitragem", e também pela Lei 13.140/2015, que dispõe sobre a mediação entre particulares como meio de solução de controvérsias.

Esses são os objetivos da Câmara Empresarial e Trabalhista de Arbitragem – Fecomercio Arbitral, criada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), presidida pelo jurista doutor Ives Gandra da Silva Martins.

Método alternativo

A Fecomercio Arbitral é instituída e administrada pela Federação, com o apoio institucional de parceiros como o Sindicato das Empresas de Serviços Contáveis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP) e Câmara de Arbitragem Internacional de Paris (CAIP).

Métodos alternativos de solução de conflitos – arbitragem, mediação e conciliação – promovem soluções mais rápidas em relação ao Judiciário.