Publicado em

Levantamento da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, ligada à Organização Mundial de Saúde, mostra a ocorrência de cerca de 200 mil novos casos de melanoma por ano no mundo. No Brasil, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) prevê para este ano que 6.260 pessoas terão diagnóstico da doença: serão 3.340 mulheres e 2.920 homens. Embora menos prevalente que outros tipos, o melanoma preocupa pela sua agressividade. É um tumor com alta taxa de mortalidade.

Uma das principais causas desse tipo de câncer são os raios ultravioleta (UV), que podem danificar o DNA das células da pele. Para discutir o cenário brasileiro sobre a doença, o Instituto Oncoguia promove hoje, das 8h às 18h, um fórum temático com a participação de especialistas, pacientes, imprensa e gestores de saúde. Serão abordadas as novidades e os desafios do paciente no SUS e na rede privada. O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas em www.oncoguia.org. br/. O evento será no Nobile Paulista Prime, na Alameda Campinas, 540, Jardim Paulista, São Paulo-SP. / Agências