Publicado em

O município de Hortolândia (SP) vai ganhar seu primeiro parque tecnológico: é o Zeta Hortolândia, de 384 mil m² e 142 lotes corporativos.

O núcleo se aproxima de instituições de pesquisa e tecnologia por meio de assinatura de parceria com a Fundação Fórum Campinas Inovadora (FFCi), que reúne mais de 20 entidades atuantes no segmento.

A assinatura do convênio será nesta quarta (24) e faz parte da programação do InovaCampinas, maior evento de inovação e empreendedorismo do interior. O Zeta Hortolândia é um dos empreendimentos da Veccon, loteadora com 20 anos de desenvolvimento de construções empresariais e residenciais.

O convênio possibilita às empresas instaladas no Zeta a conexão com universidades e estabelecimentos que incentivam novidades e tecnologia, a exemplo da Unicamp, PUC, Embrapa, Cati, Ital, IAC, Ciesp, Ciatec, Tecnopark, entre outros órgãos.

“O objetivo é viabilizar a aproximação entre empresas implantadas no local com instituições de fomento à inovação. A parceria encurta caminhos, amplia a oferta de oportunidades e propicia o desenvolvimento de uma série de atividades, o que vai ao encontro do objetivo da Fundação Fórum: ampliar o impacto do conhecimento como principal meio de transformação econômica e social de forma sustentada”, diz o diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp e presidente da diretoria da FFCi, Eduardo Gurgel do Amaral.

Para a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Monique Freschet, a parceria é estratégica. “Hortolândia é um Vale do Silício em formação. Incentivos fiscais atraíram empresas de tecnologia e por meio do convênio com a Veccon e Fundação Fórum Campinas estimulamos a chegada de mais marcas importantes.”