Publicado em

Campinas e Região - A Secretaria da Habitação de Indaiatuba promoveu a entrega em 2015 de 1.098 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida, sendo 802 casas do Parque Campo Bonito e 296 apartamentos do Vitória Régia.

Para o secretário da Habitação, Luiz Henrique Furlan, 2015 foi um ano muito produtivo e em breve serão entregues mais 2.048 apartamentos também localizados no Parque Campo Bonito.

"O ano de 2015 foi marcado pela maior entrega de habitações da história de Indaiatuba e temos que agradecer à administração do prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) que manteve a palavra e concluiu obras beneficiando mais de 3 mil famílias, proporcionando melhor qualidade de vida e eliminando as residências em áreas de risco da cidade. Já fizemos o sorteio de distribuição das famílias nos apartamentos e agora em janeiro faremos a grande entrega do 2.048 imóveis da faixa I do Campo Bonito", salienta Furlan.

O maior empreendimento

O Parque Campo Bonito é o maior empreendimento habitacional já construído em Indaiatuba. Localizado em uma área de 646.516,49 mil m² no bairro Buru. A primeira etapa que foi entregue na primeira quinzena de novembro consiste em 802 casas da Faixa 2 do programa, destinadas para famílias com renda entre três e seis salários mínimos.

O valor inicial foi de R$ 120 mil, sendo R$ 24 mil subsidiados pela Caixa e o restante, R$ 96 mil, financiados pela mesma. Os proprietários terão até 35 anos para pagar.

Cada unidade habitacional conta com 52,11 m² de área interna que inclui dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, mais 14,39 m² de área externa, onde estão a lavanderia e hall de entrada. A área do terreno é de 150 m². Já os apartamentos são da faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida. De acordo com as exigências do Programa, as unidades foram direcionados para famílias também cadastradas na Secretaria de Habitação com renda mensal de até R$ 1.600,00.

Outras participações

O valor total é de R$ 96 mil por unidade, sendo R$ 76 mil subsidiados pelo Ministério das Cidades e R$ 20 mil pelo programa Casa Paulista do Governo do Estado de São Paulo, obtidos pelo deputado Estadual Rogério Nogueira (DEM). As famílias beneficiadas pagarão o correspondente a 5% do seu rendimento ao mês no período de 10 anos, com parcela máxima de R$ 80.

Em dezembro foram entregues os apartamentos do Vitória Régia, localizado em uma área doada pela prefeitura, na Avenida Josué Ferreira da Silva, o empreendimento conta com toda a infraestrutura que o bairro já oferece, incluindo uma creche e uma Emeb (Escola Municipal de Educação Básica). O Condomínio Vitória Régia é dividido em 22 blocos, sendo alguns compostos por quatro unidades por andar e outros, duas por andar.

A área útil dos apartamentos é de 45,02 m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

O Programa de Planta de Moradia Econômica, desenvolvido em parceria com a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Indaiatuba visa beneficiar famílias de baixa renda que possuam um único imóvel em seu nome, com planta de moradia econômica de até 60 metros quadrados.

A equipe técnica e social efetua triagem de acordo com os requisitos da Lei Municipal 3.118/1994.

Regularização

O Programa Procidadão tem por objetivo regularizar imóveis com plantas de levantamento cadastral/regularização, para famílias de baixa renda, de acordo com a Lei Municipal 5.053/2007. Juntamente com a planta de regularização é entregue o Habite-se do imóvel.

Para o Projeto João de Barro a empresa foi contratada em novembro para início do trabalho de reforma de moradias, conforme disposto na lei municipal. 6.266/2014. O projeto exige levantamento e análise social dos cadastrados, além da documentação de titularização do imóvel, para posterior análise da edificação, atendendo aos requisitos da Lei Municipal 6.266/2014. Havendo o enquadramento do cadastrado em todos os requisitos da Lei, será elaborado um projeto específico de reforma para cada unidade verificada.

Em fase de aprovação do empreendimento pela Caixa para assinatura dos contratos estão os Residenciais Andorinhas e Tucanos com 410 casas no Programa Minha Casa Minha Vida, Faixa 2.

Para o ano de 2016 a Secretaria de Habitação está tocando o processo de desapropriação de área para o desenvolvimento de futuros Projetos de Habitação de Interesse Social.