Publicado em

Nas próximas semanas, interessados em adquirir imóveis devem ficar atentos, pois mais de 110 imóveis em todo o Estado de São Paulo serão negociados por meios de dois leilões. A arrecadação esperada, somando os dois eventos, é de mais de R$ 150 milhões.

Na quarta-feira da próxima semana (28), a partir das 11 horas, o Banco do Brasil vai leiloar 117 imóveis espalhados em todo o Estado. As propriedades variam entre apartamentos, casas, prédios, terrenos e agências desativadas da empresa.

Ao todo, os terrenos estão divididos em 51 cidades de São Paulo, a expectativa do Banco do Brasil é arrecadar mais de R$ 40 milhões com a venda dos imóveis.

“Até pouco tempo havia pouca divulgação dos leilões, as pessoas os consideravam difíceis”, diz a leiloeira oficial do Lance no Leilão, Carla Umino. Segundo ela, com o acesso a informação, o perfil do consumidor mudou, deixando de ser um mercado dominado somente pelos compradores intermediários (imobiliárias), e chegando ao consumidor final.

Alguns imóveis receberam um desconto no seu valor de lance mínimo. Uma agência desativada, no bairro de Perdizes, por exemplo, está avaliada em R$ 2,3 milhões, entretanto entrará no leilão por R$ 1,6 milhão.

Um imóvel no bairro Cerqueira César, centro da capital paulista, está mensurado em R$ 5,4 milhões, mas seu lance mínimo será de R$ 2,8 milhões. “A região possui poucas opções de compra, sendo para o investidor uma oportunidade de uso do imóvel para a vida diurna ou noturna da conhecida Rua Augusta”, expõe Carla.

Interessados em participar poderão dar os lances virtualmente. “Quem quiser participar do leilão pela internet, deverá realizar um cadastramento com até 48 horas de antecedência no site do Lance no Leilão [lancenoleilao.com.br]”.

Em meados de 2017 o Lance no Leilão venceu a licitação realizada pelo Banco do Brasil para ser a empresa leiloeira dos seus imóveis. O contrato terá duração de cinco anos.

“Não existe uma quantidade de leilões estipuladas por contrato. Nós realizamos conforme a demanda do Banco do Brasil”, explica Carla.

O banco oferecerá benefícios em alguns desses imóveis, quitando eventuais valores não quitados de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR), laudêmio (taxa de transação para a União) e condomínio, até a efetivação do registro da transferência do imóvel ao novo proprietário do local.

Liquigás

Está marcada para a primeira semana de setembro, mais especificamente às 14 horas da quinta-feira (5), o leilão de um imóvel pertencente a uma das maiores empresas brasileiras de distribuição de gás liquefeito de petróleo, a Liquigás Distribuidora S.A.

Trata-se de um terreno de 42.497,18 m², com uma área construída de 8 mil m², avaliado em aproximadamente R$ 110 milhões e com lance mínimo no mesmo valor.

“Não é frequente o leilão de imóveis nessa proporção, sendo assim, é uma excelente oportunidade de negócios”, afirma a leiloeira oficial da Lance Total, Angélica Dantas.

O imóvel está localizado na Vila Yara, cidade de Osasco, e possui acesso às avenidas dos Autonomistas e Franz Voegeli, ao Shopping União de Osasco, à Universidade Anhanguera, Unifieo e hipermercados.

O evento, que será realizado em um auditório no bairro da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista, contará com lances também presenciais e também online pelo site lancetotal.com.br.

“Todos os participantes terão conhecimento dos lances ofertados por meio de registros disponibilizados no auditório virtual e reproduzido in loco, propiciando a concorrência em igualdade de condições aos interessados”, explica Angélica.