Publicado em

Bauru - A construtora Conscape de Araçatuba anunciou, nesta semana, o lançamento de um projeto voltado para a área de saúde, na zona leste da cidade. A região já abriga a Faculdade de Medicina, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), além de um hospital.

Batizado de Medcenter, o empreendimento será um prédio de doze andares e 206 salas, além de toda a infraestrutura necessária. A construção, que tem previsão de quatro anos para conclusão, receberá investimento de R$ 50 milhões. As obras vão começar em janeiro de 2018.

Segundo o diretor da Conscape, Alexandre Pereira da Silva, a obra seguirá todas as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

"A nossa ideia é aglutinar vários serviços em um único local e montar um polo de saúde, onde pacientes de toda a região poderão encontrar médicos, dentistas, fisioterapeutas, fazer exames", explicou o diretor. Sobre a atratividade do negócio, ele destaca o baixo custo do investimento, com preço inicial de R$ 181 mil, e valor que pode variar pois o projeto é modular. "Acreditamos que o condomínio deve ficar entre R$ 200 e R$ 250 para cada sala", completou da Silva.

Valorização

De acordo com o empresário Jamil Buchalla, parceiro no negócio e dono do terreno onde o centro médico será construído, a ideia era promover um empreendimento que destacasse a região - já vocacionada para a área da saúde - e oferecer serviços de qualidade para a cidade.

O empreendimento será instalado na Avenida Abrão Buchalla, próximo da rua Dr. Francisco Villela, bairro Concórdia. O projeto prevê 500 vagas de estacionamento e um bicicletário, além de academia completa, auditório para 150 pessoas, duas salas de reunião, espaço de convivência, dez salas comerciais no térreo, entre outros.

Buchalla adianta que a área deve se valorizar devido à intenção dos investidores de instalar novos projetos na região como um flat e um hotel. "Estamos tentando viabilizar também a instalação de uma galeria para 18 lojas, que ficará do mesmo lado deste prédio. Do outro lado, temos projeto de criar residências", concluiu.