Publicado em

O prefeito Bruno Covas afirmou, na manhã desta quarta-feira (10), que São Paulo terá um novo plano cicloviário. O anúncio foi feito ao lado do vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, durante visita ao centro operacional da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no metrô Brás.

O prefeito e o vice-governador também utilizaram um dos novos trens que passam a atender a linha 10 Turquesa. “A gente espera agora em julho lançar o plano cicloviário e uma das metas e poder alimentar mais as estações de metrô e trem, para poder chegar e sair de trem ou metrô”, explicou o prefeito.

“O que nós pretendemos é reorganizar, ampliando a quantidade de ciclovias, mas dando mais eficácia e eficiência, alimentando pontos de metrô, de trem, terminais de ônibus na cidade e interligando ciclofaixas anteriores que acabam ligando nada a lugar nenhum”, acrescentou Covas.

“Cada alteração que o governo realiza, seja no Metrô ou na CPTM, é acompanhado de um estudo da SPTrans, de alteração da demanda de passageiros e com isso nós vamos aumentando ou diminuindo a quantidade de ônibus nessas estações de trem ou metrô. Agora com essa alteração começa a fase de estudo para verificar de que forma atender a uma nova demanda por conta da agilidade”, explicou Covas. “A Prefeitura de São Paulo tem total integração no diálogo com a Secretaria de Transportes Metropolitanos e estamos trabalhando para adaptar a rede municipal para que não haja concorrência e sim que trabalhemos em sintonia”, afirmou o prefeito. Os 12 trens oferecem mais conforto e agilidade à população.