Publicado em

O uso pioneiro de semáforo inteligente, monitoramento eletrônico de estacionamento rotativo e Sistema de Notificação Eletrônica, associado ao uso de aplicativos para smartphones e bikes compartilhadas têm melhorado a mobilidade urbana de São José dos Campos, a segunda maior cidade do interior paulista.

No último mês, um grupo da cidade de Amparo (SP) esteve conhecendo a base operacional dos agentes de trânsito e o Centro de Controle Operacional do Trânsito. Um dos itens que mais chamou atenção dos visitantes foi o carro Guardião e o TrafGo, que é o sistema de semáforo inteligente do Google, além do sistema de notificação eletrônica de multas. Técnicos de Canoas (RS) já vieram conhecer as tecnologias e estão agendadas as visitas de equipes das cidades de João Pessoa (PB) e Barueri (SP).

Instalado em 2017, o TrafGo utiliza uma tecnologia inédita no Brasil. Ela funciona de forma integrada com a maior plataforma de rastreamento de veículos, o Google Maps. Isso permite o controle do tempo dos semáforos a partir de informações coletadas dos próprios carros, por meio dos aplicativos de navegação agregados à plataforma.

O Guardião, veículo com câmeras de monitoramento para fiscalizar espaços de estacionamento rotativo, mudou o cenário nos corredores comerciais da cidade. Entre seus objetivos está a democratizar uso dos espaços nas vias públicas, permitindo que um maior número de motoristas use uma mesma vaga durante o dia. O que resulta também em maior liberdade aos agentes de trânsito para o trabalho de operação do tráfego urbano.

O sistema, que tem a tecnologia OCR, faz a leitura das placas por meio de câmeras e permite identificar veículos roubados e furtados que estejam estacionados nas áreas monitoradas. A informação é repassado a policiais e já se registrou a recuperação de automóveis furtados. Em 11 meses de atividade, o Guardião constatou mais de 11 mil infrações por estacionamento em desacordo com a regulamentação.

Outra novidade é o Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) possibilita que ao motorista receber a notificação de infração por meio do celular. Com a vantagem de identificar o condutor do veículo e ainda facilitar o pagamento da multa com 40% de desconto, tudo por meio de um aplicativo.

São José foi a primeira do interior paulista a aderir ao SNE. Criado pela empresa Serpro, por solicitação do Departamento Nacional de Trânsito, o sistema integra as notificações provenientes de rodovias federais, além das estaduais e municipais, cujos órgãos tenham aderido à ferramenta. Até o momento, 2.454 infrações foram pagas via SNE.