Publicado em

A Prefeitura de São Paulo inaugurou ontem (4) dois novos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) tipo III no extremo sul da cidade de São Paulo.O prefeito Bruno Covas e o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, participaram do evento.

O modelo de saúde ofertado pelo CAPS III prevê cuidados em saúde mental às pessoas com sofrimento ou transtorno mental grave, severo e/ou persistente, além de usuários com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas. As novas unidades estão localizadas em território com altos índices populacionais e de vulnerabilidades sociais, e serão referência em atendimento de hospitalidade noturna para toda a Zona Sul.

O gerenciamento das novas unidades será realizado em parceria com a Organização Social de Saúde (OSS) Associação Saúde da Família. As duas CAPS vêm para qualificar e ampliar a oferta de atendimento nessa região. A unidade de Cidade Dutra está instalada na Avenida Guilherme Henschel, 399, Vila Represa.

O equipamento de saúde funciona de segunda a segunda, durante 24h, e conta com 50 profissionais que estarão à disposição para o atendimento da população na área de abrangência da unidade, estimadas em 367 mil pessoas.

Já o CAPS Adulto III Grajaú tem por objetivo promover Projetos Terapêuticos Singulares para a diminuição do sofrimento psíquico e a inclusão do paciente como protagonista na sociedade. A unidade fica na Rua Engenheiro Guaracy Torres, 1.243. O quadro de funcionários terá 50 profissionais, sendo três médicos psiquiatras, três psicólogos, três oficineiros, três terapeutas ocupacionais, três assistentes sociais, um educador físico, um farmacêutico, dois técnicos de farmácia, um gerente, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e auxiliares./Agência