Publicado em

Por Noel Randewich

NOVA YORK (Reuters) - Os fortes resultados trimestrais de Alphabet e Starbucks empurraram os índices S&P 500 e Nasdaq a máximas recordes nesta sexta-feira, com apoio adicional de dados que mostraram que o crescimento econômico dos Estados Unidos desacelerou no segundo trimestre menos do que o esperado.

O Produto Interno Bruto dos EUA cresceu a uma taxa anualizada de 2,1% no segundo trimestre. Economistas consultados pela Reuters previam que o PIB aumentaria a uma taxa de 1,8% no segundo trimestre.

"Isso é exatamente o que o mercado precisava: não tão suave para a mostrar que a economia está desacelerando e não tão forte a ponto de levar o Fed a reverter o curso (de queda dos juros)", disse Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da National Securities.

Do lado dos balanços, as ações de Starbucks subiram 8,9%, para uma máxima recorde, depois que a maior rede de cafeterias do mundo registrou o maior crescimento de vendas em mesmas lojas em três anos.

Já Alphabet saltou 9,6%, depois do balanço da companhia superar as expectativas de Wall Street para vendas e crescimento de anúncios em sua unidade de armazenamento na nuvem.

Duas semanas depois do início da temporada de resultados do segundo trimestre, cerca de 75% das 218 empresas do S&P 500 que reportaram até agora seus números mostraram dados melhores que o esperado, de acordo com dados da Refinitiv.

O índice Dow Jones subiu 0,19%, a 27.192 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,74%, a 3.026 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,11%, a 8.330 pontos.